LITERATURA

Coluna Escrita: Ricardo Lísias lança seu Diário da Catástrofe Brasileira

Lançamento da editora Record, o livro começou a ser escrito há um pouco mais de um ano e meio. Confira essa e outras notícias da coluna Escrita desta terça-feira (7)

Valentine Herold
Valentine Herold
Publicado em 07/07/2020 às 9:00
Notícia
Divulgação
O escritor Ricardo Lísias está lançado o livro Diário da Catástrofe Brasileira neste mês de julho - FOTO: Divulgação
Leitura:

É sempre muito interessante e enriquecedor quando se tem a oportunidade de ler um grande romancista discorrer sobre questões de não-ficção. O paulistano Ricardo Lísias, autor de Divórcio, O Céu dos Suicidas e Duas Praças, entre outros, começou a escrever seu Diário da Catástrofe Brasileira (Record, 352 páginas, R$ 62,90 o livro físico e R$ 40 o e-book) em outubro de 2018, quando o atual presidente foi eleito.

>> Ricardo Lísias fala sobre livro escrito com pseudônimo Eduardo Cunha

>> Ricardo Lísias entre a ficção e a experiência real em Divórcio

Sem poupar críticas a grandes figuras políticas, artistas e intelectuais brasileiros, é tecido aqui um importante registro histórico nacional através do olhar apurado de um dos nomes da nossa literatura contemporânea. Nesta quarta-feira (8), às 19h, haverá um evento virtual de lançamento do livro através do Instagram da Livraria Martins Fontes.

 

DIVULGAÇÃO
DIÁRIO O escritor Ricardo Lísias começou a escrever suas análises e reflexões quando Bolsonaro foi eleito - DIVULGAÇÃO

Confira outras notícias da coluna Escrita desta terça (7):

- Dando continuidade à sua programação virtual durante este período em que o confinamento social ainda é necessário, a Fundaj realiza nesta quinta (9) mais um encontro da série Grandes Personalidades da História do Nordeste. O historiador e membro da APL José Nivaldo Junior é o convidado desta quarta edição, que tem como tema Antônio Conselheiro: o Revolucionário Conservador.Iniciativa da Dimeca, o debate, que conta ainda com a mediação do jornalista Marcelo Abreu, tem início às 17h. Transmissão ao vivo pelo canal da Fundaj no YouTube.

- Também no dia 9 começa a Flipop 2020. na programação - inteiramente virtual pela primeira vez -, autores debatem a literatura voltada ao público jovem. Destaque para as presenças das norte-americanas Rainbow Rowell e Casey McQuiston.

- E por falar em literatura jovem, um dos grandes clássicos infantis brasileiros, Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcelos, acaba de ganhar uma edição em HQ. Com adaptação de Luiz Antonio Aguiar e Franco de Rosa, pela Melhoramentos.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias