CENTRO CULTURAL

Cais do Sertão fala sobre cangaço, história e estética em podcast

Novo episódio do projeto Raízes Sertanejas aborda os antecessores de Lampião, a entrada das mulheres para o Cangaço e manifestações artísticas do sertão nordestino

Nathália Pereira
Nathália Pereira
Publicado em 19/02/2021 às 19:20
REPRODUÇÃO
Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, ao lado de Maria Gomes de Oliveira, a Maria Bonita - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Detalhes sobre a vida dos cangaceiros sertanejos são o foco de Cangaço, História e Estética, novo episódio do Raízes Sertanejas, recém-lançado podcast do Centro Cultural Cais do Sertão.

No programa desta semana, já disponível no Spotify, a educadora do espaço, Viviane Sampaio, expõe dados sobre a história dos líderes dos bandos, a entrada das mulheres para estes grupos e também a respeito de variadas expressões artísticas.

A educadora propõe uma reflexão acerca dos líderes que antecederam Lampião, as primeiras vanguardas artísticas a gerarem impacto na cultura do Sertão e os primeiros registros de quando mulheres passaram a integrar o movimento do Cangaço.

Leia também: Cais do Sertão homenageia Luiz Gonzaga em webinário

Leia também: Cais do Sertão vence 33ª edição do Prêmio Rodrigo de Melo Franco

Leia também: Obras ganham máscaras no Cais do Sertão

RAÍZES SERTANEJAS

O podcast Raízes Sertanejas foi pensado pelo por Diogo do Monte, músico-educador do Cais do Sertão, inspirado pelo sucesso dos debates ao vivo realizados pelo museu em seu perfil no Instagram (@caisdosertaao) durante a pandemia.

“Inicialmente, a ideia era apenas capturar os áudios das lives do Instagram para divulgarmos no agregador de podcast, mas ouvindo tudo de novo percebi que poderia ser um produto que divulgasse as sonoridades e histórias locais”, acrescenta Diogo.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Cais do Serta?o (@caisdosertao)

O podcast conta com análises de artistas e pesquisadores sobre a cena musical nordestina,  aspectos da cultura sertaneja, como a religiosidade, e personagens históricos. O primeiro episódio, em celebração à Semana Nacional de Museus, entrou no ar em 4 de fevereiro, trazendo uma entrevista com o cantor Josildo Sá sobre a importância de Luiz Gonzaga para a música brasileira. O Raízes Nordestinas tem apoio da Lei Aldir Blanc.

Comentários

Últimas notícias