Tradição Popular

'Tributo a Virgolino' em Serra Talhada realiza edição online

Evento que reúne palestra, poesia, música, dança e missa começa a partir desta sexta-feira (26)

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 24/02/2021 às 18:12
Notícia

SEBASTIÃO COSTA/DIVULGAÇÃO
O grupo de xaxado Cabras de Lampião é uma das atrações do evento em Serra Talhada - FOTO: SEBASTIÃO COSTA/DIVULGAÇÃO
Leitura:

O evento Tributo a Virgolino – A Celebração do Cangaço, que desde 1994 é apresentado anualmente em Serra Telhada, será realizado em novo formato devido à pandemia da Covid-19. A programação, com diversas linguagens artísticas e que traz a cultura do Sertão, acontece de forma online a partir da próxima sexta-feira (26) até domingo (28), a partir das 19h, com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do grupo Cabras de Lampião.

>> 10º Encontro da Cultura Popular da Mata Norte realiza edições virtuais

>> 12ª edição do Festival Lula Calixto acontece de 26 a 28 de fevereiro

>> Pequeno Encontro da Fotografia promove nova edição virtual em março

O evento conta com palestras, apresentação de grupos de xaxado, pastoril, capoeira e uma celebração religiosa. Quem abre o ciclo de palestras na sexta (26) é o pesquisador e escritor do Cangaço, Anildomá Willians de Souza, profundo conhecedor da história de Lampião, que falará sobre a vida e os causos do famoso cangaceiro. Ele vai tratar sobre “Lampião e o Sertão do Pajeú”. Haverá ainda as apresentações dos poetas repentistas, Janailson Mariano e Janaildo Mariano, do grupo Grupo de Xaxado Zabelê, do Pastoril de Maria e da cantora triunfense Jéssica Caitano e A Cristaleira. "Não é apenas um evento, trata-se de uma ação cultural onde o centro da atividade é a arte do sertão do Pajeú", explica Anildomá.

No sábado (27), o Tributo traz a palestra do poeta, dançarino e ator Karl Marx - “A influência do Cangaço na Cultura Popular”, além das apresentações dos poetas repentistas Damião Enésio e Zé Carlos do Pajeú; do grupo de Xaxado Gilvan Santos, grupo Mistura Pernambucana e a banda As Severinas.

PONTO ALTO

Para fechar o evento no domingo (28), às 9h, será veiculada a celebração da missa com o Padre Josenildo - considerado um dos pontos altos da programação, pois no ofertório são postos no altar os adereços de cangaceiros como cartucheiras, embornais, o típico chapéu e as alpercatas - com as participações da Banda de Pífanos Travessão do Caruá, Mestre Assisão, Bacamarteiros do Pajeú, Capoeira Muzenza, Poeta e Contador de Causos Clênio Sandes, Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, Cícero de Souza e Francinaldo Oliveira, Marquinhos do Acordeon e Naldinho Carvalho.

O Tributo a Virgolino - A Celebração do Cangaço conta com o incentivo cultural da Lei Aldir Blanc, Governo de Pernambuco, Prefeitura de Serra Talhada e Governo Federal.

Comentários

Últimas notícias