OPINIÃO

Dia Nacional do Café: data marca início da colheita do grão em todo o país

Imagine a alegria de quem esperou anos entre o plantio, depois a florada e finalmente, hoje, começa a colher o café. Leia a opinião de Romoaldo de Souza

Romoaldo de Souza
Romoaldo de Souza
Publicado em 24/05/2021 às 7:43
Notícia
Pixabay
Dia Nacional do Café é comemorado neste domingo (24) - FOTO: Pixabay
Leitura:

Nesta segunda-feira, 24 de maio, o Brasil comemora o Dia Nacional do Café! E por que essa data?
Bom, primeiro eu quero lembrar que em 1727, o militar brasileiro Francisco de Melo Palheta (1670 — 1750) fez uma expedição político-afetiva pela Guiana Francesa e voltou de lá com o coração acelerado, depois de se apaixonar por Madame D’Orvilliers.

A mulher do governador da província francesa deu ao militar brasileiro mudas de café e foi assim que esse precioso grão chegou pelo Pará, Maranhão, Ceará, Pernambuco… Foi descendo pela Bahia, Minas Gerais, São Paulo e hoje, quase três séculos depois, o Brasil é o maior produtor de café do mundo.
No Agreste pernambucano e no Sertão do Pajeú é onde encontramos plantações de grãos selecionados.

Em Taquaritinga do Norte temos uma das mais antigas colheitas do país e em Triunfo, na serra da Baixa Verde, grãos estão sendo plantados sem agrotóxico sem nenhuma incidência de adubo químico.
Mas além da quantidade [como eu disse, o Brasil é o maior produtor do mundo] é importante destacar a qualidade do café brasileiro. Já faz décadas que os produtores estão se empenhando em quatro importantes etapas para que o seu café seja especial: a seleção do grão, a escolha do terreno, o jeito como o café é colhido e finalmente, uma torra monitorada. Nada de queimar o café para chamá-lo de forte, extra-forte. Café bom é intenso, tem aroma, tem sabor. Café bom tem notas doces, tem equilíbrio na acidez. É por isso que é chamado de café especial.

O bom de tudo isso é que no Recife, e no interior do Estado de Pernambuco, boa parte das cafeterias também viraram um empório. Você vai lá, toma um café especial, um espresso, coado, prensado, gelado, um drink à base de café e ainda pode levar esses preciosos grãos para fazer em casa.

Se no passado — e essa é uma das mais importantes memórias olfativas — a gente ia na casa da vovó e o aroma de café tomava conta da casa, agora é no seu cantinho que você pode espalhar esse aroma todo.
E graças aos produtores brasileiros, nós vamos continuar tomando bons cafés. Porque hoje é 24 de maio, Dia Nacional do Café. A data marca o início da colheita do grão em todo o país. Imagine a alegria de quem esperou anos entre o plantio, depois a florada e finalmente, hoje, começa a colher o café.

Pense nisso!

Comentários

Últimas notícias