Rei do Baião

Saiba qual foi a causa da morte de Luiz Gonzaga, falecido há 32 anos

Cantor e compositor faleceu em 2 de agosto de 1989, no Recife

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 02/08/2021 às 13:08
Notícia
Foto: Memorial Luiz Gonzaga
Se estivesse vivo, o Rei do Baião completaria 108 anos - FOTO: Foto: Memorial Luiz Gonzaga
Leitura:

Luiz Gonzaga é um dos artistas que mais estão associados a uma ideia de brasilidade e, mais especificamente, de cultura Nordestina. Ao longo de sua carreira, o artista gravou músicas marcantes e ajudou a popularizar a sonoridade e a estética de um parte do Sertão pernambucano. Quando ele faleceu, no dia 2 de agosto de 1989, deixou uma lacuna em nossas artes, comovendo seus milhares de fãs ao redor do Brasil.

>> Há 32 anos morria o músico pernambucano Luiz Gonzaga, o Rei do Baião

>> Sucesso de Luiz Gonzaga vira hit do 'passinho'

O compositor de clássicos como Asa Branca, Pagode Russo e Vem Morena sofria há anos com osteoporose, uma doença que causa a perda progressiva de massa óssea, enfraquecendo os ossos e os tornando mais suscetíveis a fraturas. Outro fator que debilitou muito a saúde do artista foi um câncer de próstata. Fragilizado, ele continuou trabalhando por anos. Em 1989, ano de sua morte, ele gravou o disco Vou Te Matar de Cheiro pela gravadora Copacabana.

No dia 21 de junho de 1989, o músico foi internado no Hospital Santa Joana, localizado no Recife. Foi nesta mesma instituição que ele faleceu pouco mais de um mês depois, no dia 2 de agosto. A causa da sua morte foi uma parada cardiorrespiratória. Seu falecimento causou grande comoção popular e, desde então, seu legado vem sendo celebrado por diversos artistas e mantém-se vivo na memória de várias gerações.

Comentários

Últimas notícias