MÚSICA

Nos 25 anos da morte de Renato Russo, livro sobre surgimento da Legião Urbana é lançado

"Música Urbana: O Início de uma Legião", de André Luiz Molina, conta a história do início do grupo sob ponto de vista do guitarrista Kadu Lambach

Emannuel Bento
Cadastrado por
Emannuel Bento
Publicado em 11/10/2021 às 14:24
Reprodução
O cantor e compositor da banda Legião Urbana ganhará selo com imagem sua em uma das apresentações no ano de 1993 - FOTO: Reprodução
Leitura:

Nesta segunda-feira (11), data que marca os 25 anos da morte de Renato Russo, vocalista e fundador da Legião Urbana, um novo livro sobre o surgimento do grupo será lançado. "Música Urbana: O Início de uma Legião" (Independente), escrito pelo jornalista André Luiz Molina, conta a história sob o ponto de vista pouco conhecido do guitarrista Kadu Lambach, que assinava como Eduardo Paraná quando se tornou cofundador do grupo ao lado de Renato Russo, Marcelo Bonfá (baterista) e Paulo Paulista (teclados).

A live de lançamento será realizada nesta segunda, às 19h30, nas redes sociais de Kadu Lambach (YouTube, Facebook e Instagram) e com com participação da irmã do líder da banda, Carmem Manfredini - que também foi a responsável pelo prefácio do livro. A obra chegou a ser lançada ilegalmente, de maneira pirata e com poucos exemplares, por outra uma editora. Após uma longa briga na justiça, a versão completa finalmente chegará ao público.

Além de falar sobre a vida do guitarrista, que se mudou para Brasília ainda adolescente e já convivia com Renato Russo no final dos anos 1970, o livro traz documentos com textos inéditos do vocalista, guardados por Lambach há mais de 30 anos. O jornalista André Luiz Molina construiu uma narrativa baseada em entrevistas realizadas por 13 meses. Ele traz relatos detalhados, retratando a fundação da banda e o período antes da gravação do álbum de estreia do grupo, Legião Urbana (1985).

Entre os materiais inéditos divulgados no livro, ainda estão o primeiro texto de divulgação da banda, escrito por Renato Russo no início da década de 80, e rascunhos do que seria a primeira música da Legião, que não chegou a ser concluída. Kadu Lambach - que já trabalhou com nomes do jazz, como o baixista norte-americano Stanley Clarke, e da MPB, como Tunai, Baby do Brasil, Belchior, Olívia Hime - tem se dedicado a buscar letras inéditas de Renato Russo perdidas no tempo.

Comentários

Últimas notícias