TV

Datena ameaça deixar programa ao ser interrompido enquanto criticava o governo Bolsonaro

Apresentador falava sobre as medidas de arrocho fiscal tomadas pela Câmara Municipal de São Paulo, quando começou a criticar o governo de Jair Bolsonaro.

Emannuel Bento
Cadastrado por
Emannuel Bento
Publicado em 12/11/2021 às 14:06 | Atualizado em 12/11/2021 às 19:52
Datena - Crédito: Reprodução / Band
José Luiz Datena - FOTO: Datena - Crédito: Reprodução / Band
Leitura:

O apresentador José Luiz Datena voltou a entrar em atrito com a produção do programa Brasil Urgente na noite desta quinta-feira (11). Ele se irritou quando foi interrompido ao vivo, através do ponto. A situação começou quando ele falava sobre as medidas de arrocho fiscal tomadas pela Câmara Municipal de São Paulo contra funcionários da educação e, a partir disso, começou a criticar o governo de Jair Bolsonaro.

"Tem que, na realidade, distribuir o que tem para o povo e pelo povo”, começou ele. “Não é chegar como fez o Paulo Guedes agora para dar pedalada fiscal. E diz que vai ter que furar o teto de gastos, e se não aprova a PEC do calote, que elevou o dólar a R$ 5,5. E dizer que: ‘Olha, se a gente não for caloteiro e deixar de pagar as dívidas do Governo. não vai dar para dar os R$ 400’. Ah é, mané?”, criticou.

Ele continuou, até chegar diretamente na presidência da República: “E os 30 bi que você deixou o Bolsonaro dar para os funcionários do Centrão? Como vocês podem esperar isso daí…”, afirmou. Foi então que a diretora do programa, Débora Raposo, aparentemente interrompeu a fala pelo ponto eletrônico. O apresentador não gostou.

"Ô Débora, você deixa eu acabar o comentário ou então vem aqui apresentar esse programa aqui. Estou terminando o meu raciocínio e é tudo ligado a isso, entendeu?”, disparou Datena. “Pode tirar o Milton Leite [o programa exibia imagens do vereador] daí, não vou ficar ouvindo. Esse cara é o que aprova tudo [do Prefeito]. Tudo o que o prefeito manda ele aprova. Ele está do lado das empresas de ônibus, do transporte coletivo, e contra o povo sempre“, afirmou.

Datena na política?

A saída de Datena da TV já vem sendo ventilada desde que ele começou a mostrar interesse em uma carreira política. Recentemente, o apresentador televisivo vai deixar o PSL, partido ao qual se filiou há quatro meses para ser candidato à presidência, e vai desembarcar no PSD, comandado por Gilberto Kassab, onde vai ser candidato nas eleições de 2022.

A informação foi confirmada pelo próprio José Luiz Datena ao UOL. Com a movimentação, o apresentador televisivo será candidato ao Senado em São Paulo, enquanto Geraldo Alckmin deve concorrer ao Governo do Estado e Rodrigo Pacheco à presidência.

Comentários

Últimas notícias