INCLUSÃO

Primeira Virada Inclusiva Brasileira incentiva protagonismo de pessoas com deficiência; confira a programação

Evento nacional e totalmente online é uma produção das recifenses Liliana Tavares e Germana Pereira

Nathália Pereira
Nathália Pereira
Publicado em 02/12/2021 às 18:45
DIVULGAÇÃO
O músico Dudu do Cavaco integra a programação - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Acontece de amanhã até a próxima terça-feira (7), a primeira edição da Virada Inclusiva Brasileira, a Vibra. Totalmente online e com transmissão pelo YouTube, o evento visa promover e fortalecer o protagonismo de pessoas com deficiência em diversas linguagens artísticas. O data escolhida para abertura das atividades, 3 de dezembro, é o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

A programação é gratuita e contará com exposições fotográficas, oficinas, performances artísticas, mostra audiovisual com obras realizadas ou protagonizadas por pessoas com deficiência, além de lives e muito mais.

A produção é assinada pelas recifenses Liliana Tavares, da Com Acessibilidade Comunicacional, e Germana Pereira, da Tangram Cultural, que ressaltam outro ponto motivador da realização do Vibra: estimular a reflexão em torno da produção de uma arte feita por e para todos. Artistas surdos, cegos, com paralisia cerebral e com síndrome de Down farão parte ativa da programação, como artistas talentosos e competentes.

As produtoras contam que tomaram como espelho a Virada Inclusiva do Estado de São Paulo. “Mas resolvemos ampliar essa ideia para todo País e convidar artistas com deficiência e acadêmicos que pesquisam sobre inclusão e acessibilidade para interagir e compartilhar seus saberes”, detalham.

A realização online, além de colaborar com a prevenção à infecção pelo novo coronavírus, também tem intenção de levar informação e pensamento crítico sobre arte inclusiva para a maior quantidade possível de pessoas.

APOIO

A programação da Vibra tem financiamento do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura-PE), do Governo de Pernambuco. Conta com o auxílio das três acessibilidades: audiodescrição, língua brasileira de sinais (Libra) e legenda para surdos e ensurdecidos (LSE).

PROGRAMAÇÃO

A Vibra será aberto às 10h, no dia 3 (sexta-feira), com a live Visibilidade da pessoa com deficiência, sob comando de Fernanda Honorato (RJ), Felipe Gervásio (PE) e Tatiana Martins (PE). O bate papo abordará a visibilidade da pessoa com deficiência nas artes e os aspectos que podem ser melhorados quando o assunto é inclusão.

Em seguida, serão apresentadas duas exposições fotográficas: Um Outro Olhar, com 22 imagens, fruto de um projeto realizado pela ONG Deficiente Eficiente, em parceria com a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), organização de Renata Victor e Carolina Monteiro; e Por Contato, trazendo 72 fotos produzidas por artistas pernambucanos surdos, com curadoria dos fotógrafos e arte-educadores Mateus Sá, Vládia Lima, Rachel Ellis e Eduardo Queiroga.

A programação completa do Festival Vibra – Virada Inclusiva Brasileira pode ser conferida da bio do Instagram oficial do evento, @vibra.viradainclusivabr.

SERVIÇO:

Vibra – Virada Inclusiva Brasileira - De 3 a 7/12. Com performances artísticas e bate-papos (sexta, sábado e domingo, iniciando às 10h, 15h, 18h e 20h); oficinas (segunda e terça, iniciando às 10h, 14h e 17h). Transmissão pelo canal: https://www.youtube.com/channel/UCHeqN91qRRwnY6kD1eCnYvg, com tradução em Libras, audiodescrição e LSE nas atividades assíncronas. Acesso gratuito. Mais informações: @vibra.viradainclusivabr (Instagram).

Comentários

Últimas notícias