CRIME

Sheldon publica homenagem ao amigo MC Boco do Borel, assassinado neste domingo

MC Boco do Borel foi assassinado a tiros na madrugada deste domingo (26) no Ipojuca

Katarina Moraes Bruno Vinicius
Cadastrado por
Katarina Moraes
Bruno Vinicius
Publicado em 26/12/2021 às 9:38 | Atualizado em 26/12/2021 às 23:14
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Juntos, Sheldon e Boco protagonizaram vários sucessos do brega pernambucano - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

*Matéria atualizada às 20h34 com nota da SDS

O músico Sheldon da Silva Ferreira, conhecido como MC Sheldon, publicou na manhã deste domingo (26) nas redes sociais uma homenagem ao amigo MC Boco do Borel, assassinado a tiros aos 34 anos nesta madrugada em um bar em Serrambi, no município de Ipojuca, Região Metropolitana do Recife.

No Instagram, ele postou vídeos de gravações de clipes e projetos que fizeram juntos. "Descanse em paz, Borel. Sua energia deixava o povo arrepiado. Não tem como não sofrer com sua partida. Foi embora com você a metade da minha trajetória. Queria poder ter lhe dado o último abraço", disse.

"O Boco se foi, o Boco não está mais entre nós. E o que me deixa mais triste é que eu não pude dizer o quanto eu amava ele, o quanto eu sentia muito por a gente não se falar. A gente não se falava, mas a gente se amava", conta Sheldon em um vídeo de 9 minutos no seu Instagram.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SHELDON (@sheldonsh1)

Durante a publicação, ele explica os motivos pelos quais eles não se falavam mais. "Rolou meu DVD no Coudelaria Souza Leão, "Com Amor, Sheldon", um DVD romântico. Onde Boco não tinha nada a ver com romantismo, vocês sabem, e ele não foi convidado para o DVD romântico. Aí ficou com essa intriga boba e a gente é orgulho um com outro, ficou perdendo tempo... Eu não ouvi, não abracei, não perdi perdão", disse o MC.

Juntos, os cantores protagonizaram vários sucessos do brega pernambucano, como "Fio Dental", "Vem Novinha Tomar Toddynho" e "Uma Hora da Manhã".

O crime

Paulo Roberto Gonçalves Cavalcanti, conhecido como MC Boco do Borel, foi assassinado a tiros na madrugada deste domingo (26) em um bar no Ipojuca, onde se apresentava. 

Informações repassadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa dão conta de que um homem com uma balaclava ("touca ninja") chegou em frente ao palco e efetuou vários disparos de arma de fogo contra o cantor. O bar não tinha câmeras de segurança.

SEVERINO SOARES/JC IMAGEM
Bar onde MC Boco foi assassinado - SEVERINO SOARES/JC IMAGEM
SEVERINO SOARES/JC IMAGEM
VIOLÊNCIA Cantor se apresentava em bar quando assassino chegou encapuzado e efetuou diversos disparos - SEVERINO SOARES/JC IMAGEM
SEVERINO SOARES/JC IMAGEM
Boné e sapato que MC Boco usava quando foi morto - SEVERINO SOARES/JC IMAGEM

Segundo a perícia, foram 15 perfurações por todo o corpo do cantor, inclusive na cabeça. Boco chegou a ser levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Serrambi, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia ainda não sabe de quem é a autoria ou qual a motivação do crime, que está sendo investigado.

Boco havia sido solto da prisão em 26 de outubro de 2021, após passar um ano e quatro meses preso por tráfico de drogas. O cantor cumpria pena no Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (Pjallb), no Complexo do Curado, na Zona Oeste do Recife.

Confira a nota da SDS sobre o caso e segurança em Ipojuca

A Secretaria de Defesa Social informa que as forças de segurança de Pernambuco têm atuado de forma integrada em favor da preservação da vida em todo o Estado. No município de Ipojuca, a ações do Pacto pela Vida desenvolvidas pelas polícias resultaram numa queda de 37% nos homicídios registrados nos meses de janeiro a novembro deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020. Passando de 46 casos naquele ano para 29 neste.

As investigações sobre o homicídio em questão já foram iniciadas pela Equipe da Força Tarefa de Homicídios Metropolitana Sul, da Polícia Civil de Pernambuco, que registrou a ocorrência na madrugada de hoje (26/12). As diligências seguem até o total esclarecimento do crime.

O policiamento ostensivo preventivo, realizado pelo 18° Batalhão da Polícia Militar, seguirá com incursões e rondas na localidade a fim de localizar e capturar os envolvidos. A ação de presença contará com o reforço BOPE e do Grupo de Apoio Tático Itinerante, que realiza operações voltadas para o combate aos crimes violentos contra a vida, ao tráfico drogas e na apreensão de drogas e armas no município. Equipe do Grupo Tático Aéreo (GTA) também dará apoio às ações.

Comentários

Últimas notícias