Lançamento

Beyoncé lançará filme "Black is King" em parceria com a Disney

Novo projeto de Beyoncé, que deve fazer parte de um álbum visual e será exibido no Disney Plus a partir do dia 31 de julho

Douglas Hacknen Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 28/06/2020 às 17:45
Notícia
Foto: AFP
Beyoncé anuncia o lançamento do filme "Black is King" - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

A cantora Beyoncé lançará, em parceria com a plataforma de streaming Disney+, o filme "Black is King". O projeto estará disponível a partir do dia 31 de julho com exclusividade no serviço da empresa norte-americana, exatamente um ano após o lançamento do filme “O Rei Leão”, em que Beyoncé fez a voz da personagem Nala. 

>> Estreia do live-action de Mulan é novamente adiada por causa da pandemia do novo coronavírus

>> Globo de Ouro é adiado para 28 de fevereiro de 2021 devido ao coronavírus

Na noite do último sábado (27) foi divulgado, acidentalmente, um trailer na conta do Instagram da dupla Chloe x Halle. Rumores indicam que o responsável pelas redes sociais da cantora pode ter confundido as contas na hora da publicação.

Pela trilha sonora do vídeo, deve se fazer presente a música "Already", do álbum "The Gift", que teve curadoria de Beyoncé e foi lançado em junho de 2019, inspirado no filme "O Rei Leão".

Em outubro de 2019, a Amazon fechou um acordo com a Disney para disponibilizar em seu streaming, o Amazon Prime Video, alguns itens exclusivos de seu catálogo até que o Disney+ esteja disponível no Brasil. A previsão da Disney é que o serviço esteja disponível no país, até o final de 2020. Ainda não se tem certeza se o filme estará no catálogo brasileiro do Amazon Prime Video.

>> Netflix vai cancelar contas de quem passar muito tempo sem acessar a plataforma

“‘Black is King’ é uma memória celebratória para o mundo sobra a experiência Preta. O filme é uma história para as eras que informa e reconstrói o presente. Uma reunião de culturas e crenças compartilhadas por gerações. Uma história de como as pessoas que foram deixadas mais machucadas possuem um dom extraordinário e futuro cheio de propósito”, afirmou a Disney e a Parkwood Entertainment, gravadora de Beyoncé, em comunicado conjunto à imprensa.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias