Democracia em Vertigem e Carol Duarte vencem Prêmio de Cinema Ibero-Americano

A atriz Carol Duarte também ganhou como melhor atriz por sua atuação em A Vida Invisível, de Karim Aïnouz

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 29/06/2020 às 17:30
Notícia
Foto: Reprodução
Democracia em Vertigem é o segundo documentário a ganhar o prêmio Platino de CInema Ibero-Americano - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

O documentário Democracia em Vertigem, da cineasta Petra Costa, e a atriz Carol Duarte venceram o prêmio Platino de Cinema Ibero-americano, que este ano foi transmitido pelo YouTube devido à pandemia do novo coronavírus. Nesta 7ª edição da premiação, Petra levou a categoria de melhor documentário, enquanto Carol foi escolhida como melhor atriz, por sua atuação em A Vida Invisível, de Karim Aïnouz. 

» 'Democracia em Vertigem', filme de Petra Costa sobre impeachment de Dilma, é indicado ao Oscar 2020

» 'A Vida Invisível' é uma preciosidade melancólica que coroa grande ano

Veja como foi a premiação 

Democracia em Vertigem concorreu ao Oscar deste ano e apesar de não ter levado o prêmio, a indicação do documentário na categoria de Melhor Documentário foi um feito para o Brasil que, ao longo das 92 edições da premiação, esteve representado apenas dez vezes. 


Também é a segunda vez que um documentário brasileiro vence o prêmio. Em 2015, O Sal Da Terra, de Wim Wenders sobre o fotógrafo Sebastião Salgado, foi o vencedor. Também é a segunda vez que uma brasileira é escolhida como melhor atriz. Em 2018, Sonia Braga foi premiada por Aquarius, do diretor pernambucano Kleber Mendonça.

A atriz Carol Duarte participou de uma entrevista ao vivo na página do prêmio no Instagram, após o anúncio que havia sido escolhida como melhor atriz. Ela afirmou que A Vida Invisível trata de uma temática muito importante para ela. "Essa história é muito importante para mim também porque nós, mulheres, somos muito invisíveis. Então, essa história fala sobre duas irmãs que são atropeladas por uma sociedade patriarcal, é muito importante para mim falar sobre isso [...] As mulheres estão lutando muito aqui porque temos Bolsonaro e outros homens fascistas que estão destruindo o País. É um momento muito difícil, já temos muitas mortes, muitos ataques à arte e à ciência. É um momento de muita luta no Brasil, não só no Brasil, mas em toda a América Latina", disse. 

 

O prêmio Platino de Cinema Ibero-Americano

O grande vencedor desta edição do Platino de Cinema foi Dor e Glória, de Pedro Almodóvar. A produção levou seis prêmio, inclusive o de melhor filme. A expectativa é de que a entrega do prêmio volte a ser feita da Riviera Maya, no México, em 2021, já que este ano foi feita apenas em transmissão pela internet.

Democracia em Vertigem

Democracia em Vertigem mostra o ponto de vista de Petra Costa em um contexto íntimo da sua família na militância política. O documentário traça uma análise macro do panorama político brasileiro a partir do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rouseff. Democracia em Vertigem estreou no festival de Sundance, em janeiro de 2019, e, em junho do mesmo ano, chegou ao Brasil na Netflix.

A vida invisível

O filme se situa na década de 1940. Eurídice, papel interpretado por Carol Duarte, é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida (Julia Stockler) é sua irmã mais velha, e o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias