AFOGAMENTO

Polícia confirma que corpo encontrado em lago na Califórnia é de Naya Rivera, atriz de "Glee"

As buscas por Naya Rivera duraram cinco dias

Carolina Fonsêca
Cadastrado por
Carolina Fonsêca
Publicado em 13/07/2020 às 19:02 | Atualizado em 13/07/2020 às 19:13
Foto: AFP
A atriz teria desaparecido após dar um mergulho no Lago Piru - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Depois de cinco dias de buscas no Lago Piru, localizado no condado de Ventura, na Califórnia, nos Estados Unidos, a polícia local confirmou que o corpo encontrado nesta segunda-feira (13) pelas equipes é, de fato, da atriz Naya Rivera, 33 anos. A identidade do corpo foi confirmada pela polícia por volta das 18h (horário de Brasília), em uma coletiva de imprensa. A atriz conhecida por interpretar a líder de torcida Santana Lopez no seriado Glee (maio de 2009 a março de 2015) estava desaparecida desde o dia que foi passear de barco com o filho Josey, de quatro anos. A polícia não acredita em suicídio, mas sim em um afogamento por acidente. 

"A coletiva de imprensa foi concluída. O xerife Ayub confirmou que o corpo encontrado no Lago Piru hoje era Naya Rivera. Nossos corações estão com a família, amigos e fãs dela neste momento difícil. Será feita uma autópsia para detalhar a causa da morte", informou o perfil no Twitter após a coletiva de imprensa feita no início desta noite. 

No início da tarde desta segunda-feira (13), às 13h49 (horário de Brasília), o perfil do xerife de Ventura postou que um corpo havia sido encontrado no Lago Piru, pela manhã, sem dar detalhes sobre a identidade do corpo. Minutos após o anúncio feito pela polícia de Ventura, o site americano TMZ, conhecido por ser o primeiro a noticiar fatos importantes sobre a vida de famosos, afirmou que o corpo encontrado era, sim, o de Naya Rivera. 

Naya alugou um barco, por volta das 13h, para fazer um passeio sozinha no lago com o filho Josey Hollis, de quatro anos. Horas depois, o menino foi encontrado sozinho no barco, dormindo. O colete salva-vidas que deveria estar sendo usado pela atriz estava na embarcação e o garoto contou aos policiais que a mãe havia pulado no lago para nadar. Ela não foi vista desde então e as buscas se iniciaram no mesmo dia. Ao fim da semana, a polícia já tratava a operação como recuperação do corpo, presumindo a morte da atriz.

Ainda na semana passada, o xerife do condado de Ventura informou que mãe e filho chegaram a nadar no lago Piru, mas apenas o menino volto ao barco. 

Naya Rivera

Pequena prodígio, Naya começou nas telinhas com apenas 4 anos de idade, atuando na sitcom criada por Eddie Murphy, "The Royal Family". Participou de outras séries de grande repercussão como "Um Maluco no Pedaço" e "Baywatch".

Na série "Glee", Naya apareceu em 113 episódios, integrando o elenco principal da trama. Sua personagem, Santana Lopez, era uma líder de torcida "fria e cruel" mas que foi ganhando destaque e evoluindo ao longo da história. Com "Glee" a atriz faturou diversos prêmios, fama e uma legião de fãs que perdura até hoje.

Aniversário de morte de Cory Monteith, intérprete de Finn Hudson, e outras tragédias de "Glee"

A série adolescente que se passava, principalmente, em uma escola de Ohio, contando histórias de jovens que apesar de musicalmente talentosos eram "deslocados" e vítimas de bullying foi um grande sucesso. Glee tratou de temas como diversidade e aceitação, mas teve os bastidores marcados por problemas de convivência e tragédias. 

Esta segunda-feira (13) também é marcada pelo aniversário de sete anos da morte de Cory Monteith, o ator que interpretava o protagonista Finn Hudson na série. Ele morreu após ter uma overdose de heroína e álcool no intervalo entre o quarto e o quinto ano das gravações do seriado. 

>> Ator de "Glee" é encontrado morto no Canadá

Cinco anos depois, em janeiro de 2018, outra tragédia envolvendo um integrante do elenco principal também resultou em morte. Mark Salling, de 35 anos, que interpretava Noah Puckerman, foi encontrado morto no Rio Los Angeles, após cometer suicídio, próximo a região onde morava. No fim de 2017, ele tinha sido condenado por posse de pornografia infantil e iria cumprir de quatro a sete anos de prisão.  

>> Mark Salling, o Puck de Glee, morre aos 35 anos

Além das mortes, os bastidores de Glee também reuniram outras polêmicas. A própria Naya Rivera chegou a ser presa em 2017 por agredir o ex-marido e pai do seu filho, Ryan Dorsey. Na época, ela pagou a fiança de US$ 1 mil e foi liberada. 

>> Naya Rivera, da série 'Glee', é presa por agredir o marido

Recentemente, a atriz e cantora Lea Michele, que fazia o papel de Rachel Berry, a estrela do seriado e par romântico de Finn Hudson, foi acusada de racismo pela colega de elenco Samantha Marie Ware.

>> Lea Michele, de Glee, é acusada de racismo por Samantha Marie Ware

Após Lea fazer um tweet em suporte ao movimento Black Lives Matter, em junho deste ano, Samantha, que é negra, respondeu a postagem relatando ter sofrido mais tratos por parte de Michele nas gravações da série. A intérprete de Rachel fez um post com pedido de desculpas posteriormente.

Com o desaparecimento de Naya alguns fãs também chegaram a deixar comentários em posts de Lea Michele no Instagram, com mensagens negativas. Algumas afirmando até que "ela quem deveria ter ido no lugar de Naya". Também é público que as duas não se davam bem. 

Comentários

Últimas notícias