INSTITUTO DE PESOS E MEDIDAS

Ipem reprova quase 130 itens da Cesta Básica em Pernambuco

A carne de frango foi a recordista de irregularidades, representando 59% das reprovações

JC
JC
Publicado em 02/10/2020 às 18:12
DIVULGAÇÃO
O Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco analisou mais de 650 itens. - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Após analisar 654 produtos que fazem parte da Cesta Básica, o Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) reprovou 129 itens que apresentaram irregularidades em relação à indicação quantitativa. Entre as falhas encontradas, estavam produtos sem a indicação de quantidade ou com indicação incorreta da quantidade. Foram analisados produtos como café, biscoitos, macarrão, sabonete e outros. 

O resultado da fiscalização do mês de setembro foi divulgado na última quarta-feira (30). A carne de frango foi a recordista de irregularidades, representando 59% das reprovações, seguida da carne bovina com 8,5%, por não indicarem a quantidade em sua embalagem ou etiqueta.

As equipes de fiscalização do Ipem-PE também realizaram uma avaliação preliminar e coleta dos produtos disponíveis para o consumo, a fim de serem submetidos ao controle metrológico no laboratório do instituto.

A partir da constatação dessas irregularidades, os fabricantes ou responsáveis por esses produtos têm um prazo para apresentar defesa junto ao Instituto. Após esse período, haverá uma análise jurídica e administrativa de cada caso para estipular uma penalidade administrativa cabível, que varia de uma advertência ao pagamento de multas.

Os relatórios mensais das fiscalizações de produtos pré-embalados são resultantes de ações diárias dos técnicos do Ipem-PE em todo o Estado. “A ação integra as fiscalizações rotineiras do Ipem, com o objetivo de identificar irregularidades em produtos e garantir que o consumidor não seja prejudicado nas suas compras”, afirma o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

O consumidor que encontrar alguma anormalidade em produtos pode entrar em contato com a ouvidoria por meio do do 0800-081-1526 ou pelo formulário de denúncia constante no site do Ipem-PE - www.ipem.pe.gov.br.

Comentários

Últimas notícias