Justiça

Ministério da Justiça bloqueia R$ 130 milhões em moedas virtuais

Bloqueio foi solicitado com base em elementos obtidos pela Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Agência Brasil
Cadastrado por
Agência Brasil
Publicado em 06/11/2020 às 17:29 | Atualizado em 06/11/2020 às 17:29
Foto: Pixabay
Ativos serão preservados - FOTO: Foto: Pixabay
Leitura:

O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou nesta sexta-feira (6) o bloqueio de criptoativos (moedas virtuais) avaliados em quase R$ 130 milhões (US$ 24 milhões) que estavam em uma empresa provedora de serviços de ativos virtuais, a Exchange, sediada nos Estados Unidos. Segundo a pasta, o bloqueio foi solicitado com base em elementos obtidos pela Polícia Federal no Rio Grande do Sul, na Operação Egypto, deflagrada em maio de 2019 para apurar a atuação de uma empresa com sede no município gaúcho de Novo Hamburgo. De acordo com a investigação, a empresa, que prometia aos clientes retorno de 15% no primeiro mês de aplicação, estaria captando recursos de terceiros sem a autorização dos órgãos competentes. O dinheiro dos clientes era investido no mercado de criptoativos.

Os ativos serão preservados pelas autoridades norte-americanas enquanto os procedimentos judiciais necessários ao seu confisco estiverem em curso no Brasil.

Últimas notícias