Benefício

Após contestações, mais de 22 mil pessoas recebem parcelas do auxílio emergencial nesta quarta (10)

O dinheiro depositado já está disponível para saques, pagamentos, transferências e demais transações

JC
JC
Publicado em 10/02/2021 às 9:07
Notícia

MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Auxílio Emergencial do Governo Federal - FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Nesta quarta-feira (10), 22.233 pessoas recebem o auxílio emergencial, referente a reavaliações e contestações do benefício, segundo divulgou o Governo Federal através da Portaria nº 606, publicada no Diário Oficial da União. O dinheiro depositado já está disponível para saques, pagamentos, transferências e demais transações.

De acordo com Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania, tais repasses são consequência de revisões das informações enviadas pelos beneficiários.

“Esses repasses são o retrato de duas premissas do trabalho do Governo Federal: o respeito aos recursos públicos e o atendimento a quem realmente precisa. Com base nas informações enviadas via sites e aplicativos, as nossas equipes técnicas cruzam bases de dados, avaliam cadastros e se debruçam sobre pedidos de revisão para evitar fraudes e garantir que o benefício chegue à conta de quem é de direito”.

Recebem nesta quarta beneficiários divididos em quatro categorias. A primeira, quase 12 mil pessoas que se tornaram elegíveis depois de seus cadastros terem sido reavaliados. Esse público recebe, de uma só vez, cinco parcelas do auxílio, de R$ 600 (ou R$ 1.200).

Os outros três grupos são de pessoas que vão receber parcelas da Extensão do Auxílio Emergencial, de R$ 300. Numa faixa estão cidadãos que vão receber as etapas de 7 a 9 da extensão. Outro grupo, com 9,4 mil integrantes, receberá as parcelas de 6 a 9 da extensão do Auxílio Emergencial. E o último grupo, com 561 cidadãos, reúne pessoas que não tinham sido consideradas elegíveis e fizeram a contestação via Dataprev entre 17 e 26 de dezembro de 2020.

 

Comentários

Últimas notícias