DESPEDIDA

Corpo de Domingos Moreira, fundador do Armazém Coral, é cremado no Grande Recife

A cerimônia de despedida foi restrita a poucos familiares

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 24/02/2021 às 11:24
Notícia

REPRODUÇÃO FACEBOOK
IMIGRANTE Nascido em Portugal, o empresário chegou ao Estado em 1950 e "virou pernambucano" em 2006 - FOTO: REPRODUÇÃO FACEBOOK
Leitura:

O corpo do empresário Domingos Moreira foi cremado por volta das 10h30 desta quarta-feira (24) no Cemitério Morada da Paz, localizado na cidade de Paulista, no Grande Recife. O fundador da marca Armazém Coral, líder no segmento de materiais de construção no Nordeste, morreu aos 87 anos nessa terça-feira (23), por complicações da covid-19. A cerimônia de despedida foi restrita a poucos familiares.

Natural da cidade de Gião, em Vila do Conde, Portugal, ele veio para o Brasil em 1954 e construiu uma história de sucesso. Seu Domingos criou a empresa, a marca Armazém Coral, numa referência à cobra coral, mas era torcedor do Sport, e virou uma espécie de consultor das indústrias de tintas imobiliárias pelo conhecimento do mercado.

Durante mais cinco décadas, ele definiu os locais de instalação de suas lojas, o mix de produtos e até mesmo a publicidade. O Armazém Coral é um dos grandes parceiros do JC e da Rádio Jornal há mais de três décadas, e seu anúncio às segundas-feiras, com as ofertas, é uma marca da companhia.

O presidente do Grupo JCPM e do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), João Carlos Paes Mendonça, lamentou a perda, ressaltando a importância do empresário para o Estado. "Perdemos mais um empresário que era referência em seriedade, dedicação, dinamismo. Domingos Moreira era um dos nomes de destaque do nosso Estado. Estamos perdendo pessoas que construíram suas marcas a partir de pequenos negócios e que tiveram garra para seguir inovando, ocupando espaços e crescendo. No caso dele, ainda teve o desafio de construir um nome longe de sua terra natal, que era Portugal. Realmente, lamento", afirmou.

Conheça a trajetória de Domingos Moreira na Coluna JC Negócios, por Fernando Castilho

Comentários

Últimas notícias