INFRAESTRUTURA

Companhia arremata aeroporto de Petrolina e mais cinco por R$ 754 milhões

Além do Aeroporto Senador Nilo Coelho, também foram vendidos os de Goiana (GO), São Luís e Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Palmas (TO)

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 07/04/2021 às 11:27
Notícia
DIVULGAÇÃO/SETUR PE
Aeroporto de Petrolina foi arrematado no leilão feito pelo governo federal nesta quarta (07) - FOTO: DIVULGAÇÃO/SETUR PE
Leitura:

O Aeroporto de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foi arrematado pela Companhia de Participações em Concessões que ofereceu uma proposta de R$ 754 milhões pelo Bloco Central no leilão realizado nesta quarta-feira (7) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O aeroporto pernambucano estava no bloco chamado Central que incluía mais cinco aeroportos: o de Goiana (GO), São Luís (MA), Teresina (PI), Palmas (TO) e Imperatriz, também no Estado do Maranhão.

>> Leilão do Aeroporto de Petrolina e outras 21 cidades será realizado nesta quarta (07)

A Companhia de Participações em Concessões também venceu o bloco Sul, formado por nove aeroportos: Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Londrina (PR), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaina (RS) e Bagé (RS). 

 

O Bloco Norte também foi arrematado. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse que o leilão foi uma vitória do "governo Bolsonaro" e que tem que "celebrar as vitórias da ousadia" e "aproveitar o excesso de liquidez que tem lá fora". O ministro disse ainda que o Brasil vai "superar a pandemia e terá o grande desafio da geração de emprego, que deve vir da iniciativa privada" . 

Mais informações em instantes

Comentários

Últimas notícias