Comércio

Polo de Confecções retoma atendimento com delivery, mas sulanqueiros cobram reabertura a Paulo Câmara para o dia 7 de junho

Segundo os comerciantes, o dia 7 de junho será importante por conta das vendas para o Dia dos Namorados

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 31/05/2021 às 11:21
Notícia
Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Comerciantes precisam seguir medidas mais rígidas de controle da pandemia - FOTO: Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Leitura:

No primeiro dia de funcionamento das feiras de confecções em meio à medidas mais restritivas no Agreste de Pernambuco, lideranças do setor já anunciam a tentativa de pressionar o governador Paulo Câmara (PSB) para que no próximo 7 de junho, data considerada essencial para os comerciantes locais, seja reaberta a Feira da Sulanca.

Segundo o presidente da Associação dos Sulanqueiros de Caruaru, Pedro Moura, a feira do dia 7 de junho tem uma tendência de ser a segunda melhor do ano em vendas e faturamento, devido ao Dia dos Namorados e ao próprio mês de junho, que é o segundo melhor em vendas no ano. “O setor está sofrendo demais e amargando prejuízos. Acredito que o governador será sensível mais uma vez a nossa causa”, disse.

>> Covid-19: Caruaru, no Agreste, inicia busca ativa da população para vacinação

>> Com medidas mais rígidas no Agreste, delivery é a saída para o Polo de Confecções; entenda o funcionamento

>> Veja o que está liberado ou proibido nas cidades sob quarentena rígida no Agreste de Pernambuco

>> Pernambuco avalia possibilidade de nova variante do coronavírus, afirma secretário de Saúde

Pedro irá se reunir, nesta terça-feira (1º), no Auditório da Feira da Sulanca - Setor Fundac, com outras lideranças do setor como Camilo Brito (Parque das Feiras de Toritama); o síndico do Santa Cruz Moda Center, Minininho, bem como o deputado estadual Erick Lessa. “Vamos reunir cinco feirantes, dos mais diversos segmentos, que irão mostrar a realidade de cada setor”, destacou o presidente da Associação dos Sulanqueiros de Caruaru

Medidas restritivas

Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Comerciantes precisam seguir medidas mais rígidas de controle da pandemia - Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Comerciantes precisam seguir medidas mais rígidas de controle da pandemia - Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Jean Ferreira/TV Jornal Interior
Comerciantes precisam seguir medidas mais rígidas de controle da pandemia - Jean Ferreira/TV Jornal Interior

Diante de medidas mais rígidas de isolamento em Pernambuco, o setor econômico se viu obrigado, mais uma vez, a buscar adaptação para manter os negócios de pé. No Agreste, onde há um crescimento no número de casos de covid-19, o Polo de Confecções decidiu adotar o esquema de entrega e retirada de produtos.

Desde a última quarta-feira (26), a restrição de atividades não essenciais se estende aos dias de semana no Agreste e, com isso, o Polo de Confecções, que tem as suas principais feiras em Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, não poderá funcionar.

O Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe passou a funcionar, a partir desta segunda-feira (31), com coleta de mercadorias no Moda Center, no Calçadão Miguel Arraes e no Santa Cruz Mart Moda, de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. Durante esse horário, veículos leves e pesados poderão fazer a coleta de mercadorias nos estacionamentos, sendo proibido qualquer tipo de comercialização nos locais.

O acesso só será permitido com uso de máscara, respeitando distanciamento social. A retirada e o armazenamento de mercadorias para os comerciantes também está autorizada em boxes e lojas no mesmo horário.

Caruaru

Já em Caruaru, o 'Delivery Sulanca' teve início também nesta segunda-feira. Inicialmente, o serviço ocorrerá às segundas-feiras, durante a vigência do decreto estadual, das 5h às 17h, no estacionamento do Polo Comercial de Caruaru.

O cadastro é gratuito, através do site delivery.caruaru.pe.gov.br, para compradores, vendedores e excursionistas. Este ainda pode ser feito através do aplicativo do Delivery Sulanca, disponível no Google Play (Android). O local conta com fiscalização, segurança e protocolos sanitários, incluindo aferição de temperatura, distribuição de máscaras e aplicação de álcool em gel.

Toritama

A Feira do Jeans de Toritama também está no formato Delivery,  com entregas de mercadorias ensacadas, negociadas e encomendadas. O serviço começou nesse domingo, 30 de maio. O Delivery do Jeans funciona no estacionamento do Parque das Feiras, às margens da BR-104, de domingo a sexta-feira, das 7h às 17h. O uso de máscara justa ao rosto é obrigatório.

Antes do decreto atual, as regras permitiam que as atividades econômicas nestes lugares funcionassem até as 18h, de terça a sexta-feira. Nos fins de semana e na segunda-feira, no entanto, apenas supermercados, feiras livres de produtos alimentícios, farmácias, padarias e postos de gasolina poderiam abrir as portas. Agora, com as novas medidas, a situação não muda tanto para as feiras de confecções de Caruaru e o polo de Santa Cruz do Capibaribe, por exemplo, que geralmente funcionam aos sábados, domingos e segundas.

Inicialmente, as novas restrições anunciadasna segunda (24) pelo governo seguem até o dia 6 de junho, mas podem ser estendidas caso os números de contágios e mortes não registrem queda. Na IV e V Geres, só funcionam atividades consideradas essenciais nos dias de semana, sábados, domingos e feriados.

ARTES JC
Decreto do Governo é válido a partir desta quarta-feira (26) - ARTES JC

ARTES JC
Decreto do Governo é válido a partir desta quarta-feira (26) - ARTES JC

Comentários

Últimas notícias