Imposto de Renda

Desconto simplificado no IRPF será restrito a quem ganha até R$ 40 mil por ano

A faixa de isenção terá reajuste de 31%, subindo de R$ 1,9 mil R$ 2,5 mil

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 25/06/2021 às 15:29
Notícia
Marcello Casal JrAgência Brasil
IMPOSTO DE RENDA 201,Declaração IRPF 2019 - FOTO: Marcello Casal JrAgência Brasil
Leitura:
O governo restringiu o uso do desconto simplificado de 20% do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) a quem recebe até R$ 40 mil por ano. A medida consta em projeto de lei encaminhado nesta sexta-feira, 25, ao Congresso Nacional com mudanças no Imposto de Renda.
Segundo o governo, o desconto simplificado foi criado para facilitar o preenchimento da declaração numa época em que era feita apenas em papel. Mas mantém a simplificação para pessoas com menor renda. Para a Receita Federal, a medida vai estimular o contribuinte a pedir uma nota fiscal. "Isso é importante para País", diz o Ministério da Economia.
A faixa de isenção terá reajuste de 31%, subindo de R$ 1,9 mil R$ 2,5 mil. Mas correção das demais faixas será decrescente à medida que contribuinte ganha mais. Segundo o secretário da Receita, José Tostes, a correção das demais faixas da tabela do IRPF vai variar de 13,2% a 13,6%.
Tostes destacou que 50% dos atuais declarantes não pagarão o IR. Mais de 5,6 milhões passarão a ser considerados isentos.
 

Últimas notícias