INVESTIMENTO

Pernambuco vai ganhar mil vagas de emprego com novo atacado. Veja onde será

O grupo Mateus, que opera atualmente 182 empreendimentos, abrirá inicialmente uma loja da Mix Atacarejo e uma central de distribuição no Estado

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 14/07/2021 às 15:54
Notícia
Fernando da Hora / Prefeitura de Petrolina
O empresário Ilson Mateus, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, estiveram reunidos no Palácio Campo das Princesas - FOTO: Fernando da Hora / Prefeitura de Petrolina
Leitura:

O Grupo Mateus, quarta maior empresa de varejo alimentar do Brasil, anunciou que pretende investir em Pernambuco iniciando sua operação com a abertura da primeira loja da rede, a "Mix Atacarejo", e uma central de distribuição - a expectativa é gerar mais de mil empregos. A confirmação da formalização do protocolo de intenções do grupo maranhense foi feita, nesta quarta-feira (14), em uma reunião entre o governador Paulo Câmara, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho e o empresário Ilson Mateus. Segundo o chefe do Executivo municipal, que vem negociando com o grupo há um ano,  a empresa pretende investir R$ 1,7 bilhão no Estado, durante cinco anos, e Petrolina terá papel estratégico para o plano de expansão em outros municípios pernambucanos. 

O projeto de implementação do Grupo Mateus está previsto para o mês de dezembro deste ano. O conglomerado opera atualmente 182 lojas sendo 56 de varejo, 38 de atacarejo e 88 de eletro, além de contar com mais de 40 mil colaboradores em estados do Norte e Nordeste (Maranhão, Pará, Piauí e Ceará). "É uma grande notícia para Pernambuco. Quando começamos a negociar com o grupo Mateus, mostramos o potencial de nosso estado e como Petrolina pode ser importante como um polo de expansão e conexão logística com os outros municípios e estados. A partir do Sertão, o grupo Mateus vai se multiplicar por Pernambuco. Agora, é acelerar junto com o Governo do Estado as etapas de incentivos e licenciamentos para que esse grande investimento saia do papel rapidamente e milhares de pernambucanos tenham acesso a mais serviços e empregos", comemorou o prefeito,  após o encontro realizado no Palácio do Campo das Princesas. 

O governador Paulo Câmara também celebrou a chegada do empreendimento ao Estado e apresentou, junto ao secretário da Fazenda, Décio Padilha, a política tributária existente de benefícios fiscal para o setor atacadista. “Pernambuco segue avançando para fortalecer a economia e a geração de empregos. Estamos investindo fortemente na atração de novos investimentos para todas as regiões, principalmente neste momento em que a economia começa a dar sinais claros de recuperação em diversos setores”, afirmou o gestor.

 

“Nosso olhar está voltado para a expansão do Grupo no Norte e Nordeste. Pernambuco, com sua relevância econômica e localização estratégica para o nosso plano de adensamento, vem sendo estudado há mais de um ano. Vamos começar nossa trajetória pelo município de Petrolina, onde construiremos uma loja de atacarejo e um Centro de Distribuição que terá capacidade para sustentar nossa logística de abastecimento das lojas que construiremos em Pernambuco e de outros estados do Nordeste onde ainda pretendemos avançar. Chegamos para gerar emprego, renda e contribuir com o desenvolvimento socioeconômico de Pernambuco. E só temos a agradecer pela acolhida”, afirmou Ilson Mateus. 



Comentários

Últimas notícias