MERCADO IMOBILIÁRIO

Aluguel e venda de imóveis: veja os bairros mais desejados do Recife

No Recife, uma pesquisa do DataZap elencou os bairros mais demandados para compra e aluguel de imóveis.

Lucas Moraes
Lucas Moraes
Publicado em 27/08/2021 às 16:15
Notícia
NE10
olhovivoselo O leitor José Ricardo Pessoa cuida de um apartamento de uma familiar fechado há vários meses. Não há, portanto, consumo de energia. Porém, ele é obrigado a pagar um valor mínimo, referente a 100kwh, o chamado custo de disponibilidade, uma regra de Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). "O que eu não acho justo é que incida nessa conta também a bandeira tarifária. Eu que não consumo nada sou obrigado a pagar", diz. Ele gostaria de saber se tem como mudar isso. Procon Esclarece De acordo com o gerente jurídico do Procon-PE, Roberto Campos, o leitor José Ricardo Pessoa precisa primeiramente saber se o seu fornecimento é de uma rede trifásica ou monofásica. Na trifásica, o custo de disponibilidade é 100 kwh. Na monofásica, 30 kwh. Caso ele use a trifásica, pode solicitar à Celpe a mudança para a monofásica. Ou até mesmo a suspensão do fornecimento de energia, já que não está utilizando o imóvel. - FOTO: NE10
Leitura:

Ainda desejo de muitos brasileiros, a compra da casa própria ou até mesmo a locação de um imóvel é um negócio que demanda uma rigorosa avaliação dos custos, tempo de pesquisa e pontos que vão além do apartamento ou casa em si. Morar bem também depende da porta para fora, da relação com o bairro. No Recife, uma pesquisa do DataZap elencou os bairros mais demandados para compra e aluguel de imóveis.

O índice FipeZAP Locação para Recife mostra que desde o início da pandemia, em março de 2020, o comportamento dos preços estão acima do que o verificado no restante do Brasil. Os mapas abaixo mostram os bairros mais demandados na capital pernambucana em junho/21 e a variação na composição de share de leads. Observa-se que regiões tradicionais e mais centrais como Recife Antigo e Santo Amaro, mantiveram sua
importância relativa. Por outro lado, bairros como Parnamirim, Graças, Espinheiro e Pina, aumentaram a sua participação no share de demanda (0,84p.p,0,78p.p, 0,74p.p e 0,59p.p).

Veja os bairros mais demandados para locação:

Boa Viagem  39,12%

Graças 6,12%

Torre 5,77%

Madalena 5,58%

Casa Amarela 5,27%

Pina 3,74%

Espinheiro 3,46%

Rosarinho 2,51%

Encruzilhada 2,47%

Parnamirim 2,40%

Já nas vendas, a partir de meados de 2020, os preços FipeZAP de venda começaram a acelerar, inclusive de forma mais acentuada em relação a média nacional, segundo a pesquisa. Em junho de 2021, a variação acumulada de 12 meses no Recife foi de +5,13%, enquanto que no Brasil, +4,76%.

Os mapas de termômetro indicam que bairros da Zona Norte do Recife, como Parnamirim, Rosarinho e
Jaqueira apresentaram aquecimento em sua demanda. Por outro lado, regiões como Boa Viagem, Cordeiro e Iputinga tiveram as maiores quedas em suas participações no share de demanda (-1,77p.p, -0,86p.p e -0,47p.p).

Veja os bairros mais demandados para compra:

Boa Viagem 32,74%

Casa Amarela 6,88%

Madalena 6,60%

Graças 5,72%

Torre 5,24%

Encruzilhada 4,59%

Tamarineira 3,69%

Rosarinho 3,42%

Espinheiro 2,63%

Imbiribeira 2,59%

Na capital pernambucana o perfil de demanda para locação se concentra em imóveis de 61 a 90m2, de 2 a 3
dormitórios e pelo menos uma vaga. Enquanto que para o perfil de venda se destacam imóveis de 3 dormitórios e com 1 ou 2 vagas de garagem.

 

 

Comentários

Últimas notícias