FGTS

Saque-aniversário do FGTS para os nascidos em setembro será liberado nesta quarta (1º)

A quantia fica disponível por três meses, e caso não seja sacada, volta para a conta do FGTS

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 31/08/2021 às 16:01
Marcello Casal JrAgência Brasil
Quem opta pelo saque-aniversário, porém, não terá direito a sacar o saldo da conta do FGTS caso seja demitido por justa causa - FOTO: Marcello Casal JrAgência Brasil
Leitura:

O saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os nascidos em setembro será liberado nesta quarta-feira (1º).

Esse benefício é concedido para os trabalhadores vinculados ao fundo que optam por sacar uma parte do seu saldo do FGTS anualmente.

O prazo para aderir é até o final do mês de aniversário. A quantia fica disponível por três meses, e caso não seja sacada, volta para a conta do FGTS.

Isso significa que os nascidos em setembro que desejam aderir ao benefício neste ano têm até o dia 30 de setembro para dar entrada, mas a retirada do valor pode ser feita até o dia 30 de novembro.

Quem opta pelo saque-aniversário, porém, não terá direito a sacar o saldo da conta do FGTS caso seja demitido por justa causa. Caso isso ocorra, ele só poderá receber a multa rescisória de 40% que é paga pelo empregador.

Valor

O valor que pode ser sacado é calculado com base na soma dos saldos de todas as contas do trabalhador. Há sete faixas de pagamento a depender desse saldo.

Veja em que faixa você se enquadra:

Saldo % que pode ser sacado Parcela adicional fixa Saque total no piso da faixa Saque total no teto da faixa
Até R$ 500 50% - - R$ 250
De R$ 500,01 a R$ 1.000 40% R$ 50 R$ 250 R$ 450
De R$ 1.000,01 a R$ 5.000 30% R$ 150 R$ 450 R$ 1.650
De R$ 5.000,01 a R$ 10.000 20% R$ 650 R$ 1.650 R$ 2.650
De R$ 10.000,01 a R$ 15.000 15% R$ 1.150 R$ 2.650 R$ 3.400
De R$ 15.000,01 a R$ 20.000 10% R$ 1.900 R$ 3.400 R$ 3.900
Acima de R$ 20.000,01 5% R$ 2.900 R$ 3.900  Ilimitado

Como consultar o saldo do FGTS

 

A consulta do saldo do FGTS pode ser feita no site da Caixa (https://www.caixa.gov.br/extrato-fgts), através do serviço de envio de mensagens para o celular ou no aplicativo do FGTS.

O saldo de cada trabalhador pode ser consultado no aplicativo para celular do FGTS, disponível para os sistemas operacionais Android, no Google Play, e iOS, na Apple Store. Há a opção de acessar as informações do FGTS no site da Caixa, onde também é exigido login e senha.

O trabalhador que não puder consultar o seu saldo pela internet pode solicitar um extrato do FGTS impresso em qualquer agência da Caixa. O documento é enviado a cada dois meses pelo banco para o endereço cadastrado. No caso de mudança de endereço, ele deve ser informado pelo trabalhador em uma agência da Caixa ou através do telefone 0800-726-0101.

Veja o passo a passo para baixar o App do FGTS:

  • Na loja de aplicativos do seu celular, busque FGTS. Clique em instalar e abra o aplicativo.
  • Selecione a opção "Cadastre-se"
  • Preencha todos os dados solicitados: CPF, Nome Completo, Data de Nascimento, E-Mail e cadastre uma senha de acesso
  • A senha deve ser numérica, com seis dígitos. Para quem já usava o Aplicativo, pode repetir o mesmo número de senha que usava antes.
  • Depois de incluir seus dados, clique no botão "Não sou um robô".
  • Você vai receber um e-mail de confirmação no endereço de e-mail informado por você. Acesse-o e clique no link que foi enviado.
  • Após o cadastramento, abra o APP e informe o “CPF” e “Senha” cadastrada.
  • Após o login, aparecerão algumas perguntas adicionais sobre a sua vida funcional.
  • Após responder essas perguntas você deve ler e aceitar as condições de uso do Aplicativo, clicando em concordar

Comentários

Últimas notícias