Paralisação

Caminhoneiros: Infraestrutura mostra estados onde há bloqueios e aponta para redução; veja

Em Pernambuco, Polícia Rodoviária Federal atualizou na noite desta quinta-feira (9) a situação das rodovias

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 09/09/2021 às 22:03
Notícia
WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Bloqueio mais cedo na BR-101, em Igarassu. No momento, Pernambuco não registra interdição - FOTO: WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Leitura:

Grupos de caminhoneiros seguem interditando algumas vias federais em regiões do Brasil e gerando em sua maioria pontos de aglomeração, embora em número menor. De acordo com o boletim divulgado às 20h30 desta quinta-feira (9) pelo  Ministério da Infraestrutura, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve uma redução no número de estados com pontos de bloqueio, e a tendência é de queda até o fim da noite. 

"Ao todo, o número de ocorrências é 11% menor do que o último boletim (fim da tarde), com tendência de maior redução ao longo da noite", apontou a Pasta em nota.

Os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná seguem concentrando mais da metade das ocorrências neste início da noite.

Aglomerações ainda são registradas nos estados de Rondônia, Bahia, Pará, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Tocantins.

Segundo a PRF, em Pernambuco, não há mais bloqueio de rodovias, até o momento. Ao JC, o órgão disse que segue monitorando possíveis pontos de bloqueios. O Ministério da Infraestrutura informou que ainda são identificados pontos de concentração em estradas de 10 estados, com pontos isolados em outros 4.

Mobilizações em Pernambuco

Caminhoneiros bloquearam por duas vezes o quilômetro 43 da BR-101 na cidade de Igarassu. A primeira interdição da rodovia foi iniciada às 16h30 e encerrada às 19h15.

A BR-408, em Paudalho, na Zona da Mata, foi também interditada na noite dessa quarta-feira (8). Um grupo de caminhoneiros fechou a via no quilômetro 83. De acordo com a PRF, a manifestação reuniu cerca de 50 pessoas. Eles atearam fogo em pneus e fecharam a rodovia no sentido Recife/Carpina. Até 23h53, a pista seguia parcialmente bloqueada. Carros de passeio, veículos de emergência e caminhões com cargas perecíveis estavam conseguindo passar.

Por volta das 7h55 desta quinta-feira (9), os trechos interditados foram liberados pelos manifestantes.

Comentários

Últimas notícias