Veículos

Vendas de carros usados continuaram em alta em setembro e devem permanecer assim. Entenda

Comércio de veículos seminovos registrou crescimento de 38,6% nos nove primeiros meses de 2021, comparado com o mesmo período de 2020

Edilson Vieira
Cadastrado por
Edilson Vieira
Publicado em 04/10/2021 às 15:53
SILVIO MENEZES/CORTESIA
Paralisação das montadoras por falta de componentes reduziram estoque de carros novos e levaram consumidor para as lojas de seminovos - FOTO: SILVIO MENEZES/CORTESIA
Leitura:

 

A Fenauto, entidade que representa o setor de lojistas de veículos multimarcas por todo o Brasil, divulgou que o resultado acumulado nas vendas de carros usados, durante o mês de setembro, manteve-se positivo. O total nos nove meses deste ano já é 38,6% superior ao mesmo período de 2020, alcançando a marca de 11.571.209 veículos comercializados.

A Fenauto considerou esse resultado bom para o período.  O avanço da vacinação contra a covid-19 foi considerada como um ajuda muito positiva, levando em conta a normalização dos serviços e atividades em geral. A Federação também comentou que, apesar de alguns índices de confiança ainda não estarem plenamente ajustados positivamente, pode-se observar um comportamento diferenciado dos consumidores com relação ao setor de veículos usados.

POLÍTICA

Em comparação com o mês de agosto, os números de setembro ficaram negativos em 6,9%, com um total de 1.340.277 de unidades comercializadas, contra 1.438.855 em agosto. A Fenauto atribuiu essa pequena queda ao feriado prolongado de 7 de setembro e às incertezas causadas pelas manifestações políticas programadas para esse período.

O presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, aponta que “como a produção de veículos novos ainda não está regularizada, o consumidor está sendo direcionado ao mercado de seminovos e usados, buscando oportunidades para adquirir seu veículo. Portanto, temos a expectativa de que esses resultados positivos nas vendas do nosso segmento continuem nos próximos meses”.

Comentários

Últimas notícias