PERÍODO

ICVA: Vendas do Natal de 2021 crescem 11,1% em relação a 2020

O e-commerce registrou alta de 38,6% e o varejo físico experimentou expansão de 8,8%

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 27/12/2021 às 20:29
BRUNO CAMPOS / JC IMAGEM
FÁCIL Campanha Volta às Aulas no RioMar concentra todos os produtos - FOTO: BRUNO CAMPOS / JC IMAGEM
Leitura:

As vendas do Varejo no Natal - apuradas entre os dias 19 e 25 de dezembro - cresceram 11,1% em relação a igual período do ano passado, de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA). O e-commerce registrou alta de 38,6% e o varejo físico experimentou expansão de 8,8%.

Segundo o levantamento, os setores com os melhores desempenhos no período foram: Turismo e Transporte (73%), Livrarias, Papelarias e Afins (15,9%), Vestuário e Artigos Esportivos (13,3%), Óticas e Joalherias (8,2%) e Cosméticos e Higiene Pessoal (7,9%). A região Sul registrou a maior alta nas vendas, com 9,6% de crescimento, enquanto na região Nordeste o aumento foi de 6%.

De acordo com o Head de Inteligência da Cielo, Pedro Lippi, o faturamento do Varejo no Natal teve comportamento superior ao verificado na Black Friday em novembro. "O grande destaque foi o e-commerce com alta de 38,6%, puxado principalmente pelas vendas do setor de Turismo e Transporte. Sem esse setor, o e-commerce teria um crescimento de 23,2%", afirma.

O Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) acompanha mensalmente a evolução do varejo brasileiro, de acordo com as vendas realizadas em 18 setores mapeados pela Cielo, desde pequenos lojistas a grandes varejistas. Eles respondem por 1,3 milhão de varejistas credenciados à companhia.

Comentários

Últimas notícias