Regional

Elton marca e Sport bate Santa Cruz na Ilha do Retiro pela Copa do Nordeste

O gol da vitória do Sport no primeiro Clássico das Multidões foi marcado pelo atacante Elton

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 07/03/2020 às 18:03
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Elton balançou a rede para o Sport no segundo tempo - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Com fome de vitória, o Sport buscou mais os três pontos durante toda a partida e teve sucesso no primeiro Clássico das Multidões de 2020. Com transmissão da TV Jornal, Leão venceu por 1x0 o Santa Cruz, neste sábado, na Ilha do Retiro, em partida válida pela sexta rodada da Copa do Nordeste. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Elton. Brilhando a estrela do técnico Daniel Paulista que colocou o centroavante no segundo tempo. Cheio de desfalques, o Tricolor do Arruda não teve imposição ofensiva.

Com o resultado, o Leão segue na quarta colocação do Grupo A do Nordeste, mas com nove pontos após o triunfo em cima do rival coral. Já o Santa Cruz caiu para a sexta colocação com sete pontos de forma temporária. Isso porque o América-RN joga neste domingo contra o Freipaulistano e pode passar a Cobra Coral.

LEIA MAIS

Do helicóptero, polícia dispara tiros para dispersar tumulto entre organizadas do Sport e Santa Cruz

Acompanhe o tempo real de Sport x Santa Cruz pela Copa do Nordeste

Torcidas causam tumulto no Grande Recife horas antes do jogo entre Sport e Santa Cruz

O JOGO

O clássico começou bastante truncado. Muita marcação no meio-campo e pouca criação. Apesar do jogo mais reativo, a primeira chegada aconteceu por parte do Santa Cruz. O meia-atacante Chiquinho apareceu pelo lado direito, foi até a linha de fundo, e cruzou para grande área, mas o atacante Mayco Féliz não conseguiu completar o lance de voleio e o zagueiro Cleberson afastou o perigo.

A resposta do Sport, que controlou a posse de bola, não demorou. O meia Lucas Mugni recebeu na entrada da grande área, no entanto, mandou para longe da meta coral. Mesmo durante o primeiro tempo, os rubro-negros e tricolores não diminuíram a imposição física e o confronto continuou pegado. Tanto o Leão quanto Cobra Coral não conseguiram chegar no último terço em condições de concluir as jogadas.

A melhor oportunidade da etapa inicial aconteceu em um lance de bola parada. Pelo lado direito, Mugni cruzou a bola na pequena área e no segundo "poste" o zagueiro Adryelson mandou de cabeça para o goleiro Maycon Cleiton fazer grande defesa. Errando muitos passes curtos, os rivais não encontraram outra saída a não ser utilizar a bola longa. No fim, Chiquinho cobrou uma falta de longe e colocou o arqueiro Luan Polli para trabalhar.

Depois do intervalo, no segundo tempo, o Sport continuou com mais posse de bola e aumentou o volume de jogo em busca do gol. Mas a pontaria não estava afiada. O lateral-direito Raul Prata arriscou de fora da área e mandou para fora. Logo em seguida, após boa troca de passes, o meia Jonatan Gomez também tentou e bateu errado na bola.

Enquanto isso, o Santa Cruz apresentou bastante dificuldade na transição ofensiva e o sistema defensiva do Leão se portava com bastante tranquilidade. Melhor na partida, os mandantes não diminuíram o ritmo e continuaram em cima dos tricolores. E, com calma, conseguiu abrir o placar.

Aos 33 minutos, o atacante Marquinhos tocou para o centroavante Elton, que entrou durante a etapa final, e da meia lua da grande área bateu com categoria no canto do goleiro Maycon Cleiton. Pouco tempo depois, o autor do gol rubro-negro teve outra chance e parou no arqueiro coral. No fim do jogo, o Santa Cruz tentou reagir, mas não teve jeito. O Sport conseguiu segurar o resultado positivo.

FICHA DO JOGO - SPORT X SANTA CRUZ

Sport - Luan Polli; Raul Prata, Cleberson, Adryelson e Sander; Willian Farias, Rithely (Elton) e Lucas Mugni (Ronaldo); Marquinhos, Yan (Jonatan Gomez) e Hernane Brocador. Técnico: Daniel Paulista.

Santa Cruz - Maycon Cleiton; Toty, William Alves, Danny Morais (Denilson) e Fabiano; Bileu, André (Patrick Nonato) e Didira, Mayco Félix (João Cardoso), Chiquinho e Victor Rangel. Técnico: Itamar Schulle.

Local: estádio da Ilha do Retiro, Recife-PE. Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA). Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (ambos da BA). Gol: Elton aos 33 minutos do 1º tempo. Cartões amarelos: Hernane Brocador e Cleberson (Sport). Willian Alves, Fabiano, Didira e João Cardoso (Santa Cruz).

JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM
JC IMAGEM
Sport venceu o primeiro Clássico das Multidões de 2020 válido pela Copa do Nordeste - JC IMAGEM

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias