coronavírus

Fórmula 1 pode começar na Europa sem a presença do público

Diretor da categoria Ross Brawn sinalizou que temporada pode começar de portões fechados

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 09/04/2020 às 9:00
Notícia
AFP
Britânico é diretor da Fórmula 1 e sinaliza início de temporada na Europa - FOTO: AFP
Leitura:

Suspensa por conta da pandemia do coronavírus, a temporada de Fórmula 1 já alterou nove temporadas por com a expansão da covid-19 e avalia iniciar o Mundial com os portões fechados, sem a presença do público. De acordo com o diretor da categoria, Ross Brawn existe a possibilidade iniciar a competição na Europa.

>> Coronavírus: Fia estende paralisação e GP do Canadá é suspenso

"Não é o ideal, mas do nosso ponto de vista as condições são favoráveis para um começo na Europa e pode ser um evento com os portões fechados. Ofereceríamos um ambiente em que as equipes chagassem em um voo fretado, fossem levadas para o circuito e também testassem para certificar sobre o vírus", argumentou Ross Brawn, em entrevista ao Sky Sports.

Até o momento nove provas foram afetadas pela pandemia. No início desta semana, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) ampliou a suspensão da Fórmula 1 de 21 para 35 dias. Dessa forma, o GP do Canadá também foi adiado sem nova data confirmada. Além disso, as provas da China, Azerbaijão, Bahrein, Holanda, Vietnã e Espanha estão adiadas. Mônaco e Austrália foram canceladas. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias