Pandemia

Usain Bolt doa quantia milionária para ajudar no combate ao coronavírus na Jamaica

Contribuição do ex-velocista, que tem oito ouros olímpicos, aproxima-se de R$18,5 milhões

JC
JC
Publicado em 14/04/2020 às 14:25
Instagram/Reprodução
Na Jamaica, terra natal de Usain Bolt, até o dia 12 de abril, 70 pessoas tinham sido infectadas e quatro morreram por coronavírus - FOTO: Instagram/Reprodução
Leitura:

O jamaicano Usain Bolt integra o grupo de atletas que estão engajados em ajudar na luta contra o coronavírus. Esta semana, o dono de oito medalhas de ouro olímpicas desembolsou 3,7 milhões de dólares (aproximadamente R$ 18,5 milhões) ao programa Teleton de seu país. A iniciativa é chancelada pelo Ministério da Saúde da Jamaica e focada em arrecadar fundos para ajudar os mais necessitados durante a pandemia. Também na compra de materiais essenciais.

O programa tem o objetivo de arrecadar 10 milhões de dólares. O gesto de Bolt já representou 35% do valor. A Jamaica, pequena ilha do Caribe, até o último domingo (12), tinha 70 pessoas contaminadas com o coronavírus. O número de óbitos é de quatro. 

>>Cristiano Ronaldo e seleção portuguesa fazem doação para ajudar futebol amador

>>Confira as ações dos esportistas para ajudar no combate ao coronavírus

>>Popó arrecada R$ 90 mil por cinturão de título mundial na luta crontra a pandemia

Usain Bolt tem se mostrado engajado em combater a pandemia em sua terra natal. Além da doação ao Teleton, ele publica constantemente em suas redes sociais informações sobre o coronavírus e pede para as pessoas permanecerem em suas casas. 

 

Comentários

Últimas notícias