LIGA DOS CAMPEÕES

Clássico entre Barcelona e Bayern decide mais um semifinalista da Champions

O Barcelona, comandado por Lionel Messi, que não esconde o desejo de vencer a Liga dos Campeões, enfrenta o poderoso Bayern de Munique às 16h nesta sexta-feira

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 14/08/2020 às 1:04
Notícia

TOBIAS SCHWARZ/AFP
GOLEADOR Lewandowski é o artilheiro da Champions com 13 gols - FOTO: TOBIAS SCHWARZ/AFP
Leitura:

AFP

O Barcelona, comandado por Lionel Messi, que não esconde o desejo de vencer a Liga dos Campeões, enfrenta o poderoso Bayern de Munique às 16h nesta sexta-feira (14) pelas quartas de final do torneio continental, sem direito a errar. A equipe catalã vai tentar chegar um pouco mais perto da 'Orelhuda' após eliminar o Napoli nas oitavas no sábado, mas sem afastar completamente as dúvidas sobre o seu jogo.

O capitão argentino foi mais uma vez a força motriz de uma equipe que precisa do título da Champions para não fechar a temporada em branco depois de perder a Liga espanhola para o Real Madrid e de ser eliminado na Copa do Rei pelo Athletic Bilbao.

> Leipzig elimina Atlético de Madrid e vai enfrentar o PSG nas semifinais

> Neymar garante que PSG chegará à final da Champions League

> Veja a festa dos jogadores do PSG após a classificação ante a Atalanta

Messi estará disponível para a partida após a pancada no tornozelo que sofreu na partida contra o Napoli e que causou temor de uma lesão grave, depois de passar vários minutos deitado no chão. No final, foi apenas uma concussão e o capitão do Barça poderá voltar a liderar o ataque da sua equipe, provavelmente escoltado por Antoine Griezmann e Luis Suárez.

MESSI

Messi também é a principal preocupação do Bayern, que só vê uma maneira de detê-lo. "Isso só funciona coletivamente, porque ele é um jogador incomum", disse o meio-campista Leon Goretzka. "Não vamos jogar contra Lionel Messi, mas contra o FC Barcelona. Obviamente, pensamos em como jogar contra ele, trata-se de resistir a ele como equipe. Devemos jogar com inteligência e tentar colocá-lo sob pressão", disse o técnico do Bayern, Hansi Flick, nesta quinta-feira.

Depois de ter perdido o jogo anterior devido a uma suspensão, o Barça deve recuperar Sergio Busquets no meio-campo, uma segurança a mais para ajudar a conter o Bayern, que assusta no ataque.

Em um duelo de partida única no estádio da Luz, em Lisboa, sem a presença do público, o Barça não poderá cometer erros, mas o Bayern também não pode se descuidar, apesar da força demonstrada nesta temporada.

"O Barcelona não venceu o campeonato espanhol e mostrou alguns problemas, mas tudo pode acontecer num único jogo", alertou o atacante Thomas Müller à revista 'Kicker'.

LEWANDOWSKI

Diferente do Barcelona que vê na taça uma forma de salvar uma temporada desastrosa, o Bayern venceu a Bundesliga com autoridade com 13 pontos de vantagem sobre o Borussia Dortmund, além da Copa da Alemanha e agora sonha com a tríplice coroa.

E na busca por essa trinca, todos as atenções se voltam para o goleador da equipe alemã, o polonês Robert Lewandowski, atual artilheiro da Liga dos Campeões com 13 gols e que almeja ser a principal arma de seu time contra o Barcelona. O polonês está a apenas quatro gols de igualar o recorde de gols de Cristiano Ronaldo em uma única edição da competição continental.

O gigante da Baviera chegou ao inédito 'Final 8' da Liga dos Campeões em Lisboa depois de vencer o Chelsea com um placar agregado de 7 a 1 nas oitavas de final, e durante a fase de grupos conquistou seis vitórias, com destaque para a goleadas de 7 a 2 e 3 a 1 sobre o Tottenham.

Seus números o tornam um dos grandes favoritos para que conquiste sua sexta Liga dos Campeões e o time tem certeza do que quer fazer. "Não sei se podemos cortar a sua vontade de jogar, mas temos de impor o nosso jogo", disse Goretzka. Um jogo muito ofensivo que o leva a ser uma das equipes mais marcantes da Europa com cem gols no campeonato e que chega ao jogo com a moral nas alturas.

Diante do Bayern, haverá um Barcelona que sente a pressão de buscar um título que conquistou pela última vez em 2015. "O caminho vai ser difícil, mas temos todas as ferramentas para consegui-lo", disse Antoine Griezmann à televisão do Barça, trazendo uma dose de otimismo para a torcida 'culé'.

Prováveis equipes:

Bayern de Munique: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba e Davies; Thiago, Goretzka, Gnabry, Müller e Coman; Lewandowski. Técnico: Hansi Flick.

Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Lenglet, Piqué e Alba; Rakitic, Busquets e De Jong; Griezmann, Suárez e Messi. Técnico: Quique Setién

Árbitro: Damir Skomina (SLO)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias