LA LIGA

Real Madrid e Barcelona se encontram em clássico em situações distintas na temporada

El Clásico acontece neste sábado, às 11h, no Camp Nou

AFP
AFP
Publicado em 23/10/2020 às 18:26
Notícia

AFP
Equipes se enfrentam pela volta da Copa do Rei e pelo Campeonato Espanhol - FOTO: AFP
Leitura:

Um Real Madrid em busca de uma vitória revigorante visita neste sábado (11h00, hora de Brasília) um Barcelona, que quer confirmar seu caminho ascendente, no primeiro confronto entre os dois gigantes nesta temporada e pela primeira vez sem a presença de público no Camp Nou devido à pandemia.

A equipe da capital, que perdeu a liderança do Campeonato Espanhol no último fim de semana após a derrota por 1 a 0 em casa para o Cádiz, chega cheia de dúvidas para este clássico.A derrota de quinta-feira, novamente em seu estádio, para o Shakhtar Donetsk por 3 a 2 pela Liga dos Campeões, só serviu para aprofundá-las às vésperas do encontro com o grande rival."Amanhã é uma etapa importante para mudar a nossa imagem", disse o treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane, nesta sexta-feira, insistindo que "o bom do futebol é que se pode mudar a situação".

Uma terceira derrota consecutiva e diante do Barça acabaria gerando uma crise e, eventualmente, ameaçando a posição de Zidane."O que muda? Nada muda. No ano passado foi igual, na minha primeira fase. O que tenho que fazer é fazer o meu trabalho", destacou o técnico.

Depois de terminar a última temporada vencendo 10 das 11 partidas após o confinamento e conquistar o título espanhol, os merengues começaram esta edição da competição de forma diferente.A solidez defensiva que se destacou no fim da edição passada do torneio nacional ruiu e seu desempenho ofensivo também diminuiu junto a queda de rendimento de Karim Benzema, que tem apenas um gol em cinco jogos.

 

Ramos de volta

A boa notícia para o time de Madri é que o capitão Sergio Ramos, ausente no jogo contra o Shakhtar, está recuperado de uma lesão no joelho e poderá jogar.Com Ramos, a equipe parece ganhar força e competitividade, algo que vai precisar diante do Barcelona, que vem mostrando um crescimento, apesar do tropeço na rodada passada na derrota por 1 a 0 para o Getafe.

O Barça, onde as águas ainda estão em turbulência em nível institucional, teve três vitórias retumbantes e um empate em cinco jogos, mas o treinador Ronald Koeman não aposta no mau momento do Real Madrid.“Não espero um Real Madrid vulnerável, espero o contrário”, disse nesta sexta-feira, lembrando que “é um grande time, com jogadores experientes, que sabem suportar essa pressão e se conhecem, melhor do que ninguém, que têm de vencer o jogo depois duas derrotas", declarou.

Koeman parece estar recuperando uma equipe que terminou a última temporada muito abalada emocionalmente após a goleada de 8 a 2 sofrida na Liga dos Campeões diante do Bayern de Munique.“O treinador passa uma mensagem muito direta que o elenco gostou, e a dose de trabalho aumentou”, disse o zagueiro Gerard Piqué, em entrevista ao jornal La Vanguardia.

 

Sem dúvidas sobre Messi

Sem Luis Suárez, o capitão Lionel Messi conseguiu um bom entrosamento com o jovem Ansu Fati, embora a estrela argentina ainda não tenha apresentado seu melhor futebol."Não tenho dúvidas sobre sua qualidade e vamos ver isso próximos jogos, tenho certeza", disse Koeman, embora tenha admitido que "o seu desempenho poderia ser melhor".

Maior goleador do clássico com 26 gols em 42 jogos contra o Real Madrid, nesta temporada só balançou as redes duas vezes em cinco jogos oficiais, ambas em cobrança de pênalti.A dúvida no ataque do Barcelona é se Koeman vai optar por Antoine Griezmann, ou se vai apostar novamente no português Francisco Trincão.O treinador holandês também está confiante em poder contar com Jordi Alba, recuperado de uma lesão muscular.

Uma vitória no sábado consolidaria o caminho ascendente do Barça, pouco antes de enfrentar a Juventus pela Liga dos Campeões na quarta-feira, além de aprofundar a crise de seu rival.

 

Equipes prováveis:

Barcelona: Neto; Sergi Roberto, Piqué, Lenglet, Dest (Alba); De Jong, Busquets, Griezmann, Coutinho, Ansu Fati; Messi. Técnico: Ronald Koeman

Real Madrid: Courtois; Mendy, Ramos, Varane, Marcelo; Modric, Casemiro, Valverde; Asensio, Benzema, Vinicius Júnior. Técnico: Zinedine Zidane

Árbitro: Jose Luis Munuera Montero (ESP)

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias