Espanha

Sevilla e Barcelona, duelo de grandes por vaga na final da Copa do Rei

Barça enfrenta o Sevilla na semana que antecede o duelo diante do PSG

JC
JC
Publicado em 10/02/2021 às 6:44
Notícia

AFP
Messi não deve mais jogar pelo Barcelona após fim da temporada - FOTO: AFP
Leitura:

O Barcelona pega fora de casa o Sevilla, nesta quarta-feira (16h00 de Brasília), no jogo de ida das semifinais da Copa do Rei, competição na qual detém 30 títulos.

Na semana que antecede o confronto com o Paris Saint-Germain pela Liga dos Campeões, a equipe catalã vai ao estádio Sánchez Pizjuán em busca de um troféu que não conquista desde 2018, quando goleou na final o adversário desta quarta por 5 a 0

LEIA MAIS

> Uefa confirma Budapeste como sede do jogo ‘Gladbach’-City pelas oitavas da Champions

> Árbitro da Premier League recebe ameaças de morte após aplicar dois cartões vermelhos

> PSG e grandes do futebol francês estreiam na Copa da França

> Lesionado, Pogba vai desfalcar o Manchester United por ‘várias semanas’

Para este confronto, o Barça chega em um bom momento, invicto há seis partidas (incluindo Campeonato Espanhol e na Copa do Rei.

"Estamos no caminho certo", repete o treinador do Barcelona, o holandês Ronald Koeman, que tem contado com as boas apresentações do atacante argentino Lionel Messi nos últimos jogos.

No mais recente, o capitão da equipe foi responsável por garantir a vitória sobre o Betis por 3 a 2, no domingo, ao sair do banco quando o time perdia por 1 a 0.

MESSI

O craque argentino tem 27 gols nesta temporada, 13 deles no Espanhol, onde é vice-artilheiro, atrás do amigo uruguaio Luis Suárez, do Atlético de Madrid.

"Leo dá muita qualidade à equipe e precisamos dele", disse Koeman após a partida contra o Betis, fazendo uma previsão para os confrontos com Sevilla, na quarta, e o PSG, pelas as oitavas de final da Liga dos Campeões, na próxima terça-feira.

Messi, que ainda não renovou com o clube catalão, será uma das atrações nesse encontro com a equipe da capital francesa, que não esconde o desejo de contratá-lo ao fim desta temporada.

O craque argentino, ao lado do atacante francês Antoine Griezmann na frente, está dando alegria aos seus torcedores, mas os problemas do Barça estão centrados na defesa, com vários desfalques.

Depois de ficar sem Sergi Roberto e Gerard Piqué, agora foi a vez de perder o zagueiro uruguaio Ronald Araujo, que sofreu uma lesão no domingo e era titular do setor defensivo. Para sua vaga, deve entrar Clément Lenglet ou Samuel Umtiti.

O Barcelona chega a esta semifinal com a moral em alta, mas sem esquecer que sofreu nas últimas três eliminatórias da Copa tendo que ir para a prorrogação contra o modesto Cornellá, da 2ª divisão, (2-0) e Granada (5-3) e vencendo de virada por 2 a 1 o Rayo Vallecano (2-1).

PAREDÃO

Depois de disputas em partida única nas eliminatórias, as semifinais da Copa do Rei serão em jogos de ida e volta, permitindo uma segunda chance em caso de erro tanto para o Barça como o Sevilla, que possui cinco títulos deste torneio.

A equipe comandada por Julen Lopetegui vem de uma série de sete vitórias consecutivas e volta a encontrar o Barcelona numa semifinal da Copa do Rei pela primeira vez desde 1919, embora tenham se enfrentado mais recentemente em duas finais, ambas perdidas pelos andaluzes (2016, 2018).

O time da cidade de Sevilha não poderá contar com um de seus pilares, o ala argentino Lucas Ocampos, vítima de uma grave entorse de tornozelo sofrida no sábado vitória sobre o Getafe (3-0) pelo Espanhol.

Jogando em casa, o clube da Andaluzia vai tentar fazer valer a sua força defensiva. Uma vitória na quarta-feira no Sánchez Pizjuán facilitaria o encontro de volta em março, no sempre difícil Camp Nou. Além disso, um resultado positivo neste confronto elevaria o moral do time para o primeiro duelo com o alemão Borussia Dortmund pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, na próxima semana.

Comentários

Últimas notícias