Jogos Olímpicos

Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima avançam às oitavas de final no surfe na Olimpíada de Tóquio

Mais cedo, Gabriel Medina e Italo Ferreira também avançaram na categoria masculina

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 25/07/2021 às 2:19
Notícia
AFP
A brasileira brilhou na estreia do surf nos Jogos Olímpicos - FOTO: AFP
Leitura:

ESTADÃO CONTEÚDO

Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima surfaram de acordo com a expectativa no dia da estreia do surfe feminino, na praia de Tsurigasaki, e avançaram às oitavas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Com isso, todos os representantes brasileiros do surfe estão garantidos na próxima fase, uma vez que Gabriel Medina e Italo Ferreira já haviam se classificado mais cedo, na disputa da categoria masculina.

>> Horários Olimpíadas 2021: veja as partidas e disputas deste domingo (25)

Forte candidata na briga por medalhas e quarta colocada do ranking mundial, Tatiana competiu na quinta bateria e terminou em primeiro lugar, depois de somar 11,33 pontos, com ondas de 6,33 e 5,00. Ela avançou junto com a francesa Johanne Defay, que fez 10,60 pontos. Já a peruana Sofia Mulanovich e a japonesa Amuro Tsuzuki, terceira e quarta colocadas, respectivamente, vão para a repescagem.

LEIA MAIS

Felipe Lima é eliminado na semi dos 100m peito; Austrália bate 1º recorde

Kelvin Hoefler conquista a prata no skate street, a primeira medalha do Brasil na Olimpíada de Tóquio

Bruno Schmidt e Evandro batem chilenos no vôlei de praia em jogo duro nos Jogos Olímpicos

Brasil tem boa exibição e arranca empate com as russas no handebol feminino

Gabriel Medina leva susto, mas ganha bateria e também vai às oitavas no surfe

Ítalo Ferreira ganha bateria e avança às oitavas em estreia do surfe na Olimpíada

Silvana Lima, por sua vez, surfou na terceira bateria, a mesma que a heptacampeã mundial Stephanie Gilmore, da Austrália. Com 12,13 na pontuação final, na soma de 6,70 e 5,43 em suas melhores ondas, a brasileira ficou em segundo lugar, atrás da australiana, que somou 14,50. A francesa Pauline Ado e a israelense Anat Lelior, integrantes da mesma chave, ficaram para trás e decidirão na repescagem se continuam na Olimpíada.

Ainda ao longo desta madrugada (horário de Brasília, tarde de domingo no Japão), as segundas e terceiras colocadas das baterias disputam as vagas restantes. Já a disputa das oitavas de final terá início às 21 horas deste domingo (horário de Brasília, manhã de segunda no Japão) para as mulheres e às 19 horas para os homens.

Comentários

Últimas notícias