Olimpíadas

"Eu estava me divertindo", diz Rayssa Leal sobre a disputa do skate que lhe rendeu a medalha de prata em Tóquio

Durante toda a disputa das baterias, a maranhense de apenas 13 anos não tirava o sorriso do rosto

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 26/07/2021 às 4:42
Notícia
COB
Rayssa Leal conquistou o mundo com o seu carisma. - FOTO: COB
Leitura:

A skatista brasileira Rayssa Leal conquistou a medalha de prata no Skate Street das Olimpíadas de Tóquio, mas em simpatia, a Fadinha é ouro na certa. Esbanjando bom humor, ela foi o centro das atenções das disputas femininas.

Durante toda a disputa das baterias, a maranhense de apenas 13 anos não tirava o sorriso do rosto. Se dando bem com as adversárias, ela chegou até a fazer amizade com a filipina Margie Didal, gravando vídeos no Tik-Tok antes da prova.

Durante a competição, antes de cair na pista, Rayssa também ensaiou alguns passos. Perguntada sobre o alto astral, a xodó brasileira não escondeu sua fonte de alegria.

"Eu estava me divertindo. Eu estava no momento mais especial da minha vida. Quando eu estou feliz eu fico animada, fico brincando, me divertindo, dançando. Eu estava até com a filipina lá em cima me divertindo. Querendo ou não, as brasileiras fizeram muita falta na final. Então eu procurei me descontrair", disse Rayssa em entrevista à TV Globo.

Rayssa foi a atleta brasileira mais jovem a participar de uma olimpíada e, por consequência, a mais nova a ganhar uma medalha. Para ela, o orgulho é enorme pela sua trajetória.

"Estar aqui, realizando o meu sonho e o da minha família é incrível. Eles estiveram comigo nos melhores e nos piores momentos. Pude representar as meninas que não conseguiram se classificar para a final e estar conseguindo uma medalha é muito gratificante. Todo esforço que minha mãe fez é muito especial", complementou.

"Eu tenho uma frase que eu gosto muito. Se você pode sonhar, você pode realizar. Continue acreditando nos seus sonhos, persistindo, que tudo vai dar certo", finalizou.

Comentários

Últimas notícias