JOGOS OLÍMPICOS

Cavalo da equipe suíça é sacrificado após prova nas Olimpíadas de Tóquio; entenda

O cavalo que competia com o cavaleiro suíço Robin Godel foi sacrificado neste domingo (1º)

Amanda Azevedo AFP
Amanda Azevedo
AFP
Publicado em 01/08/2021 às 18:17
Notícia
BEHROUZ MEHRI / AFP
O cavaleiro Robin Godel e o cavalo Jet Set - FOTO: BEHROUZ MEHRI / AFP
Leitura:

O cavalo que competia com o cavaleiro suíço Robin Godel nas Olímpiadas de Tóquio foi sacrificado neste domingo (1º), após romper o ligamento durante uma prova de hipismo cross-country - anunciou o Comitê Olímpico Suíço.

O animal, chamado Jet Set, rompeu gravemente um ligamento da perna dianteira direita, ao aterrissar de um salto.

BEHROUZ MEHRI / AFP
Staff cobrindo o cavalo após o acidente - BEHROUZ MEHRI / AFP
BEHROUZ MEHRI / AFP
Robin Godel e Jet Set durante prova nas Olimpíadas - BEHROUZ MEHRI / AFP
BEHROUZ MEHRI / AFP
Robin Godel e Jet Set durante prova nas Olimpíadas - BEHROUZ MEHRI / AFP
BEHROUZ MEHRI / AFP
Robin Godel e Jet Set durante prova nas Olimpíadas - BEHROUZ MEHRI / AFP
BEHROUZ MEHRI / AFP
Cavalo sendo levado de ambulância após se machucar - BEHROUZ MEHRI / AFP
BEHROUZ MEHRI / AFP
Robin Godel e Jet Set durante prova nas Olimpíadas - BEHROUZ MEHRI / AFP

"Devido à gravidade da lesão e à dor que tinha, o cavalo teve de ser sacrificado pouco tempo depois", afirma o comitê, em um comunicado.

O cavaleiro Robin Godel não se lesionou no acidente. A equipe suíça afirma que, "apesar do trágico acidente, decidiu-se participar da competição final de salto", nesta segunda-feira (2).

A amazona substituta, Eveline Bodenmüller, montará Violaine de la Brasserie, acrescenta a nota.

Homenagem ao cavalo Jet Set

Em uma publicação nas redes sociais, o cavaleiro Robin Godel homenageou o animal, chamando-o de "extraordinário".

"É com o coração muito pesado que lamento anunciar a saída precipitada do meu querido Jet Set, após uma ruptura de ligamento na cruz aqui em Tóquio. Em um galope a poucos saltos da chegada, a lesão nos obrigou a deixá-lo ir. Jet era um cavalo extraordinário e mais uma vez ele estava realizando uma cruz magnífica. Ele partiu para o que mais gostava de fazer: galopar e voar sobre obstáculos. Agradeço a todos pelo apoio e estou profundamente tocado por ele. Espero que você entenda minha ausência nas redes sociais em um futuro próximo", escreveu.

Comentários

Últimas notícias