CONTERRÂNEO

Zagueiro Nino pode ser o 8º pernambucano a conquistar medalha em Olimpíadas; veja lista

O Brasil está na semifinal olímpica do futebol masculino

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 02/08/2021 às 15:25
Notícia
REPRODUÇÃ/INSTAGRAM
Nino é pernambucano e tem 24 anos - FOTO: REPRODUÇÃ/INSTAGRAM
Leitura:

O Brasil está na semifinal do futebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio e enfrentará o México, nesta terça-feira (3), às 5h (horário de Brasília). Atual campeão olímpico, já que conquistou o ouro nos Jogos do Rio em 2016, os brasileiros miram o bicampeonato e, no time, há um pernambucano que pode se tornar o oitavo medalhista olímpico do Estado.

>> Cria do CT Barão, destaque do Fluminense e convocado para as Olimpíadas: conheça a história do zagueiro pernambucano Nino

Trata-se do zagueiro Nino, de 24 anos, que atualmente joga pelo Fluminense. Apesar de ter nascido no Recife, o defensor é pouco conhecido pelos pernambucanos. Ele foi lapidado pelo treinador Barão, do CT Barão, mas não chegou a ser aproveitado pelo Trio de Ferro, embora tenha passado pela base do Sport. No rubro-negro, Nino fez parte da equipe sub-17 durante um ano e acabou sendo dispensado. Então, foi jogar no Criciúma, onde completou sua formação de base e teve a primeira oportunidade no profissional.

 

Vencendo o México, os brasileiros enfrentarão na final o vencedor de Japão x Espanha, semifinal que acontece também nesta terça-feira, às 8h (horário de Brasília). Dessa forma, no mínimo uma medalha de prata está garantida. Caso o Brasil seja derrotado pelo México, disputará o bronze com a equipe que perder na semifinal entre japoneses e espanhóis. 

Se conquistar medalha, Nino se juntará a um grupo que tem grandes nomes do futebol, do vôlei e do pentatlo. São eles: a goleira da seleção brasileira de futebol feminino, Bárbara, medalha de prata nos jogos de Pequim em 2008; a ponteira do vôlei feminino, Jaqueline, medalha de ouro em Pequim 2008 e em Londres 2012; a levantadora do vôlei feminino, Dani Lins, medalha de ouro em Londres 2012; a pentatleta Yane Marques, bronze em Londres 2012; o meio-campo da seleção brasileira de futebol, Rivaldo, bronze em Atlanta 1996; o ponteiro da seleção masculina de vôlei, André Felippe Falbo Pereira, o Pampa, medalha de ouro em Barcelona 1992 e o meia da seleção masculina de futebol, Hernanes, medalha de bronze em Pequim 2008. 

Comentários

Últimas notícias