DOCUMENTÁRIO

'Todo azar que alguém pode ter na vida', diz mulher de Schumacher

Corinna Betsch lamentou acidente e afirmou que piloto teve receio em ir aos Alpes

Do jornal Correio para a Rede Nordeste
Do jornal Correio para a Rede Nordeste
Publicado em 17/09/2021 às 15:02
Notícia
AFP
Michael Schumacher, então com 44 anos, sofreu um acidente de esqui nos Alpes franceses quando caiu e bateu a cabeça. - FOTO: AFP
Leitura:

Michael Schumacher ficou perto de desistir da viagem aos Alpes franceses, onde sofreu um grave acidente enquanto esquiava, em dezembro de 2013. A revelação foi dada por Corinna Betsch, esposa do ex-piloto, em entrevista para o documentário sobre a vida e carreira do heptacampeão mundial de Fórmula 1.

"Pouco antes do acidente, ele me disse: 'a neve não está ótima. Podemos voar para Dubai e fazer paraquedismo lá'", disse Corinna. "Nunca culpei Deus. Foi azar, todo azar que alguém pode ter na vida", acrescentou.

A produção da Netflix, intitulada Schumacher, foi lançada na última quarta-feira (15). No documentário, Corinna também falou como era o ex-piloto fora das pistas.

"Ele gostava das festas, era dos últimos a ir embora e acabava na piscina. Ele não cantava e era muito desconfiado, até que confiava e aí se abria cem por cento. Era fantástico. Me apaixonei por ele porque era uma pessoa maravilhosa", afirmou.

O ex-piloto descia por uma pista de esqui nos Alpes franceses quando caiu e bateu a cabeça. Na época, o boletim médico mencionava um traumatismo craniano e informava que o alemão, que tinha 44 anos, estava em coma. Desde então, ele se recupera das lesões cerebrais em uma mansão da família na Espanha, sob forte esquema de segurança.

Schumacher é dono de 91 vitórias e sete títulos mundiais na Fórmula 1, recordista absoluto de triunfos até o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, quebrar a sua marca de triunfos em 2020. O alemão teve duas passagens pela categoria; entre 1991 e 2006 por Jordan, Benetton e Ferrari, e entre 2010 e 2012 pela Mercedes.

Comentários

Últimas notícias