Preparação para retornar

Limitações do distanciamento não atrapalham plano de treinos do Náutico

Alvirrubro vinha se preparando para o momento da volta aos treinamentos e vai se adaptando para extrair o máximo em cada atividade

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 06/06/2020 às 10:18
Notícia
CAIO FALCÃO/NÁUTICO
Atividades entre os atletas precisarão ser feitas em pequenos grupos, o que dificulta os trabalhos táticos e técnicos - FOTO: CAIO FALCÃO/NÁUTICO
Leitura:

O futebol em Pernambuco já tem data para voltar aos treinos: 15 de junho, dia estipulado pelo Governo do Estado. O Náutico já mantinha uma rotina online de atividades com seus atletas, através de uma cartilha de exercícios e o monitoramento se eles estavam sendo cumpridos corretamente. Sendo seguida da maneira certa, a lista deve demonstrar bons resultados nos atletas quando se reapresentarem ao clube. Tudo isso para que, no período de menos de duas semanas para o retorno previsto do Campeonato Pernambucano, o elenco possa ter o maior tempo possível para trabalhar a parte tática e técnica.

 

"Nós já estamos direcionando toda nossa programação física há bastante tempo, para que o Gilmar (Dal Pozzo) tenha condições de realizar seu trabalho de forma mais concentrada na parte técnica. Evidentemente que, talvez, até nos depararmos de uma situação de trabalho em grupos diminutos, mas esses grupos já terão uma orientação por parte do Gilmar divididos por posições e já poderão fazer um trabalho mais específico, porque esses atletas ficaram boa parte desses mais de 70 dias confinados em suas casas. Raros aqueles que tiveram o privilégio de trabalhar em um espaço mais amplo do que na sua residência. O objetivo é esse", comentou o preparador físico do Náutico, Walter Grassman.

Independente da carga que os atletas tiveram de treinamentos, é inegável que existe uma perda física e técnica. Por isso, com o tempo curto, o Náutico precisa correr atrás para minimizar o prejuízo e recuperar a forma o quanto antes. Porém, as limitações ainda seguem no clube por conta dos cuidados contra a covid-19. O distanciamento entre atletas, por exemplo, impede a realização de trabalhos com o grupo inteiro para focar na parte tática e técnica também. O Alvirrubro vai seguir as recomendações e tentará extrair o máximo possível para se manter no padrão físico desejável.

"Evidentemente que tomar muito cuidado com os preventivos, todos eles serão feitos somente no gramado. Temos ainda uns trabalhos de força a serem realizados, somente no campo de jogo, mas dando prioridades a esse trabalho direcionado por posições, trabalho bem amplo de muita movimentação. Entendemos que todo o trabalho indoor (na academia e locais fechados), no início, não deve ser liberado. Vamos aproveitar esse trabalho de campo, de forma específica, usando chuteira no gramado, que há tanto tempo não temos condições de realizar. Nossa programação visa exatamente isso há muito tempo. Agora, como temos uma data oficial de reapresentação, canalizamos todas as nossas cargas de treinamento online e os trabalhos feitos com os personais para que a gente possa colocar os atletas à disposição do Gilmar de uma forma mais segura", encerrou Grassman.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias