Prata da casa

'É tudo que um menino sonha em ter', diz cria do Náutico sobre chances no clube

Wagninho, de 20 anos, foi lançado nos profissionais do Timbu em 2019, e tem recebido chances na equipe desde então para se desenvolver e virar uma realidade no clube

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 15/07/2020 às 8:49
Notícia
Wagninho é meio-campista e tem apenas 19 anos de idade.
Wagninho é uma das grandes promessas vindas da base do Náutico e vem sendo lapidado diariamente - FOTO: Wagninho é meio-campista e tem apenas 19 anos de idade.
Leitura:

O volante Wagninho é mais uma das crias do Náutico que carrega grandes expectativas por parte do clube de 'estourar' em um futuro próximo. Aos 20 anos, ele estreou na equipe profissional em 2019, contra o Imperatriz-MA, pela Copa do Nordeste, sob o comando de Márcio Goiano. Mas foi nas mãos de Gilmar Dal Pozzo que começou a receber mais oportunidades. Encerrou o ano passado com oito atuações, e neste ano acumula cinco. Para ele, atuar profissionalmente no Timbu está sendo a realização de um sonho.

"É muito bom para a gente que está subindo ter a oportunidade no profissional. É o sonho que todo menino que está na base tem. A gente fica muito feliz, o que a gente passou desde criança até chegar nesse momento de estrear jogar e isso é muito gratificante. É tudo que um menino sonha em ter", afirmou Wagninho.

A participação do atual comandante do Náutico é destacada com muita importância para esse desenvolvimento. Não só Wagninho, como o também cabeça de área Rhaldney, o lateral-direito Hereda, o atacante Thiago, entre outros atletas, foram revelados pelo Alvirrubro de 2019 para cá e recebem o apoio para que seu futebol se desenvolva e eles se tornem peças importantes para o clube.

"Não só como o Gilmar, como a comissão toda dá muita confiança para quem vem subindo. A gente vem pegando confiança aos poucos para demonstrar dentro de campo. Quanto mais confiança a gente vai pegando, mais vamos nos soltando, fazendo o nosso jogo, indo para cima, e isso é muito bom", encerrou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias