NOVO ZAGUEIRO

Novo zagueiro do Náutico, Wagner Leonardo explica saída do Santos e comenta características

Wagner Leonardo disse que está 100% e aguarda regularização para estrear pelo Náutico, o que pode acontecer contra o Salgueiro

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 06/04/2021 às 10:22
Notícia
TIAGO CALDAS/ NÁUTICO
Wagner Leonardo é zagueiro e chega para reforçar setor carente do Náutico. - FOTO: TIAGO CALDAS/ NÁUTICO
Leitura:

Novo zagueiro do Náutico, Wagner Leonardo chegou ao clube pernambucano com a motivação de atuar de maneira constante na zaga. No Santos, o defensor jogava basicamente como lateral-esquerdo, sendo reserva de Felipe Jonathan, titular da posição. No entanto, Wagner decidiu para esta temporada que queria jogar como zagueiro - e de maneira regular. Por conta disso, teve uma conversa com o técnico do Santos, Ariel Holan, sobre a sua função no Alvinegro em 2021. Após o papo com o treinador, veio a decisão oficial de querer ser emprestado, o que acabou acontecendo: assinou com o Náutico até o fim da temporada.

"A minha saída do Santos foi principalmente pelo meu posicionamento. Eu era um reserva imediato do Felipe Jonathan (lateral-esquerdo) ali no Santos, mas, assim que o Ariel Holan assumiu, eu conversei com ele e expliquei o meu desejo de atuar como zagueiro, mas a gente sabe que a concorrência era muito forte ali no Santos. Tem o Luan Peres, que é um titular absoluto, um grande jogador e amigo meu. Então, eu decidi de fato pela preferência jogar como zagueiro. E o Náutico fez esse convite e confiou no meu trabalho", afirmou Wagner Leonardo.

Até a publicação desta matéria, o zagueiro Wagner Leonardo ainda não tinha sido regularizado para atuar pelo Náutico. No entanto, se tiver o nome no BID a tempo, pode fazer o seu jogo de estreia nesta quarta-feira contra o Salgueiro, pelo Campeonato Pernambucano, uma vez que ele disse estar 100% fisicamente e vinha jogando e treinando. O defensor, aliás, afirmou que até pode jogar na lateral-esquerda e como volante, mas a sua preferência é jogar na zaga alvirrubra - e o quanto antes.

"Como zagueiro, eu busco formar o jogo como um zagueiro construtor. Começar a construção do jogo nos meus pés, achar os passes entre linhas e também fazer antecipações. Tenho algumas características como a velocidade e o cabeceio também. A minha posição de origem é zagueiro, onde eu gosto, onde atuo e prefiro jogar. Mas nas categorias de base eu já joguei duas Copas São Paulo como volante e, na temporada passada, o Cuca me usou como lateral-esquerdo", explicou Wagner Leonardo, que completou afirmando que poderia atuar na função em que o Náutico precisar.

Wagner subiu para o time profissional do Santos em 2019. De lá para cá, fez 19 jogos no clube paulista, sendo dois na temporada 2021.

Comentários

Últimas notícias