Jogos do passado

Memória: relembre a vitória do Santa Cruz por 1x0 contra o Sport na Sul-Americana na voz de Aroldo Costa

Tricolor eliminou o Leão na competição em 2016

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 24/03/2020 às 14:03
Notícia
DIEGO NIGRO/ JC IMAGEM
Na foto, o General, apelido que a torcida tricolor deu a Bruno Moraes. - FOTO: DIEGO NIGRO/ JC IMAGEM
Leitura:

Nessa segunda-feira, o Blog do Torcedor e o JC Online iniciaram a série Memória, que relembra jogos marcantes do futebol pernambucano com as narrações históricas do Escrete de Ouro da Rádio Jornal. E o escolhido para esta terça-feira é Sport 0x1 Santa Cruz, em um duelo válido pela Copa Sul-Americana de 2016. Foi o primeiro mata-mata envolvendo os dois clubes. E o Tricolor levou a melhor. Com gol de Bruno Moraes, o Santa eliminou o Leão e avançou às oitavas da competição. A narração do gol é do Maior Gol do Mundo: Aroldo Costa.

O JOGO

Na partida de ida entre as equipes, também disputada na Arena de Pernambuco - mas com mando do Santa -, um 0x0 que não agradou ninguém, mas que teve o Tricolor melhor, porém sem aproveitar as chances. Para o jogo de volta, a equipe coral se classificava empatando com gols e, claro, vencendo o confronto. Pelo lado do Leão, precisava triunfar para não ser eliminado. O 0x0 obviamente levava para os pênaltis.

Logo aos 6', a grande primeira chance caiu nos pés de Grafite. O atacante ganhou a bola de Ronaldo Alves e ficou cara a cara com Magrão, mas acabou finalizando em cima do camisa 1 do Leão. A resposta do Sport veio seis minutos depois, quando Samuel Xavier Cruzou e Mark González aproveitou a indecisão de Tiago Cardoso para cabecear com perigo por cima do gol tricolor. Aos 17', Keno faz boa jogada pela esquerda e cruza rasteiro para Pisano finalizar e Magrão defender.

A última grande chance do primeiro tempo caiu nos pés de Edmilson, mas o atacante não foi capaz de passar por Tiago Cardoso, que operou um milagre ao defender um chute à queima roupa. Etapa inicial terminou tudo igual: 0x0

LEIA MAIS

Dirigente do Santa Cruz comenta dificuldade de manter salário em dia nos próximos meses

 

Jogadores de futebol terão férias coletivas parciais antecipadas no Brasil por causa do coronavírus

 

Ídolo do Santa Cruz, Grafite publica fotos sem barba em forma de prevenção contra o novo coronavírus

 

SEGUNDO TEMPO

Se na etapa inicial cada time teve uma grande chance de gol, no segundo tempo as oportunidades diminuíram bastante. Pelo lado do Sport, mandante do jogo, uma equipe sem criatividade nenhuma e que tinha um Diego Souza apagado. Já o Tricolor buscava sair nos contra-ataques, mas errava o último passe.

No entanto, aos 22 minutos do segundo tempo a história do Tricolor volta a mudar. Com a lesão de Grafite, o escolhido para entrar em seu lugar foi Bruno Moraes, que por pouco não ficou de fora do jogo. Uma substituição que entraria para a história do Clássico das Multidões, que estava no primeiro mata-mata internacional.

Aos 37', quando o 0x0 já parecia definido, Jadson roubou a bola de Serginho e tocou rapidamente para Keno. O atacante dominou, tirou Matheus Ferraz do lance e chutou. Magrão até conseguiu defender, mas espalmou nos pés de Bruno Moraes, que finalizou sem olhar para o gol. E ao mesmo tempo que o General - apelido em que ele foi batizado - abriu, ele também fechou o placar, classificando o Santa para às oitavas de final da Sul-Americana de 2016.

OUÇA A NARRAÇÃO DO GOL DE BRUNO MORAES NA VOZ DE AROLDO COSTA

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias