Paralisação

Santa Cruz e Sport disputaram última partida há um mês

Em um momento de muitas incertezas devido à pandemia do novo coronavírus, clubes ainda não sabem quando vão retornar

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 15/04/2020 às 9:18
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Últimos Clássico das Multidões com público foi na Copa do Nordeste. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Por conta da pandemia do novo coronavírus, ainda não se sabe quando o futebol vai voltar ao normal de forma regular. Nesta terça-feira (15), Santa Cruz e Sport completaram um mês exato sem disputar uma partida oficial. Enquanto o Leão foi derrotado por 2x1 pelo Ceará, em um duelo disputado na Arena Castelão e válido pela penúltima rodada da Copa do Nordeste, o Tricolor venceu o Decisão por 2x1 pela penúltima rodada do Campeonato Pernambucano.

Vale lembrar que essas duas partidas já foram com portões fechados. O Náutico, que enfrentou o Fortaleza pelo Nordestão um dia antes do último jogo de Santa e Sport, teve torcida diante dos cearenses. A última vez que o clube coral teve o apoio do seu torcedor foi no dia 12 de março, em um duelo contra o Botafogo-PB, onde o Tricolor goleou por 3x0 pela competição regional. Pelo lado do Leão, o rubro-negro não vai à Ilha do Retiro desde o dia 7 de março, quando venceu o próprio Santa Cruz por 1x0, em um duelo válido pelo Nordestão.

LEIA MAIS

Um mês desde a disputa do último jogo, volta do Campeonato Pernambucano segue incerta

Direitos internacionais de transmissão do Campeonato Brasileiro em pauta na reunião da CNC

Copa do Nordeste completa um mês de paralisação

ESTADUAL E NORDESTÃO INDEFINIDOS

Tanto o Campeonato Pernambucano como a Copa do Nordeste seguem paralisados há um mês e nenhuma tem uma previsão certeira de retorno. É um momento de incerteza geral. No Estadual, o Santa Cruz liderava com 22 pontos e já havia confirmado a classificação como líder para o mata-mata - o Tricolor também está invicto.

Já no Nordestão, a equipe coral tinha dez pontos e ocupava a quinta posição, com um a menos que o Náutico. Para avançar de fase, o Santa tinha que vencer o River-PI e torcer para que Náutico ou Ceará não triunfassem nos seus respectivos jogos. O Timbu enfrentava o Bahia na Arena Fonte Nova, enquanto o Vozão visitaria o CRB.

Pelo lado do Sport, o Leão estava em apuros tanto no Estadual como na Copa do Nordeste. No Campeonato Pernambucano, a equipe rubro-negra enfrentaria o Santa Cruz, em um duelo que seria disputado na Ilha do Retiro e que obrigava o clube mandante a vencer para não ser eliminado ainda na primeira fase da competição e passar um vexame histórico - já que Central e Afogados tinham jogos bem favoráveis e poderiam passar o Leão.

Já no Nordestão, o Sport não dependia mais de si. Isso porque mesmo vencendo o CSA, o Leão poderia ficar de fora caso o ABC derrotasse o CSA. Para avançar, o clube rubro-negro precisava triunfar na Ilha do Retiro e torcer por um tropeço dos adversários - ABC ou até mesmo o Botafogo-PB. Para se classificar com uma vitória do ABC, o Sport teria que ultrapassar o rival no saldo de gols.

Pelo lado do Náutico, o clube precisava vencer ou empatar com o Salgueiro para garantir vaga na próxima fase do Estadual. Na Copa do Nordeste, o Timbu tinha que vencer o Bahia para não depender dos tropeços de Ceará ou Santa Cruz.

Comentários

Últimas notícias