SEGUNDA FASE

Santa Cruz tem decisão pela Copa do Brasil, em primeiro compromisso pós-demissão de Brigatti

O Tricolor do Arruda pode embolsar mais R$ 1,7 milhão se conseguir a classificação para a 3ª fase do torneio

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 12/04/2021 às 20:00
Notícia
SANTA CRUZ/DIVULGAÇÃO
NOVIDADE Com demissão de Brigatti, quem comanda o Santa Cruz hoje é o auxiliar-técnico Roberto de Jesus - FOTO: SANTA CRUZ/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Depois de despedir-se melancolicamente da Copa do Nordeste, no último sábado (10) e demitir o técnico João Brigatti no domingo (11), o Santa Cruz volta a entrar em campo nesta terça-feira (13), desta vez pela segunda fase da Copa do Brasil. O Tricolor do Arruda enfrentará a equipe do Cianorte, às 19h, no estádio Albino Turbay, no Paraná. Caso se classifique para a terceira fase da competição a Cobra Coral receberá uma premiação de R$ 1,7 milhão, além de dar um sopro de confiança ao elenco. A vitória no tempo normal garante a classificação e um empate leva a decisão para os pênaltis.

>> Saiba mais sobre o Cianorte, adversário do Santa Cruz na segunda fase da Copa do Brasil

>> Presidente Joaquim Bezerra fala sobre perfil do novo técnico do Santa Cruz

>> Derley puxa para si responsabilidade de liderança no elenco do Santa Cruz

Quem comandará o Santa Cruz na partida desta terça será o auxiliar-técnico Roberto de Jesus, que conduziu o último treino da equipe na tarde desta segunda-feira (12). Ele fez um trabalho tático com o grupo. “Não vai ser em treino tático e físico que você vai mudar a equipe da noite para o dia. Mas a cabeça sim. Você pode mexer no emocional, transformar a cabeça do atleta, o pensamento, e é nisso que eu vou focar. Pode ter certeza o torcedor que diferente, com vontade, com garra, afinco e aplicação, eu vou tentar fazer com que a equipe chegue”, disse em entrevista ao site oficial do clube. 

Para este jogo, o atacante Pipico é dúvida. Por causa de uma lesão na coxa, o jogador não esteve nem no banco na partida contra o Botafogo-PB, no último sábado e a previsão era de que ele desfalcasse o Santa Cruz também na Copa do Brasil. Entretanto, Pipico viajou com a equipe, mas seu estado de saúde não foi informado pelo clube e a sua participação no jogo segue em aberto. O provável substituto para o camisa 9 é o atacante Léo Gaúcho. 

A equipe tricolor carimbou o passaporte para a segunda fase da competição ao vencer por 4x0 o Ypiranga-AP, em um jogo marcado por uma série de adiamentos em razão da pandemia da covid-19. Mas apesar dessa vitória maiúscula sobre o adversário amapaense, o Santa Cruz vem de um início de temporada complicado, com sete derrotas, dois empates e apenas quatro vitórias em 13 jogos. 

Enquanto isso, o adversário desta terça ainda não perdeu na temporada 2021. Além de ter vencido o Paraná na primeira fase da Copa do Brasil, por 1x0, o Cianorte tem três vitórias e um empate no campeonato Estadual.

A equipe paranaense teve ainda duas semanas de descanso até o jogo contra o tricolor pernambucano e o Santa, por sua vez, vem encarando uma maratona de jogos desde o início da temporada, disputando simultaneamente três competições - Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Pernambucano. Um desafio e tanto para a Cobra Coral.

Ficha do jogo: 

Cianorte - Bruno; Michel, Doma, Maurício e Rael; Morelli, Zé Vitor e Calabrês; Buba, Pachu e Wilson Júnior (Grafite). Técnico: João Burse.

Santa Cruz - Jordan; Ítalo Melo, William Alves, Célio Santos e Alan Cardoso; Derley, Elicarlos e Chiquinho; Vinícius Balotelli, Léo Gaúcho e Madson. Técnico: Roberto de Jesus.

Local: estádio Albino Turbay, Cianorte-PR. 

Horário: 19h.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas Da Silva (PA).

Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Marcio Gleidson Correia Dias (PA).

Comentários

Últimas notícias