Dívida

Presidente da FPF diz que Sport vai resolver caso André na Fifa após pandemia

Evandro Carvalho garantiu que o Sport já tem a "estratégia" traçada para resolver ação na Fifa.

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 18/05/2020 às 22:03
Notícia
DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Evandro Carvalho (E) ao lado do presidente rubro-negro Milton Bivar - FOTO: DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho garantiu que o caso André na Fifa não é uma emergência para o Sport. Em entrevista à Rádio Jornal, nesta segunda-feira, ele frisou que o Leão já a "estratégia" definida para resolver o débito de 907.500 euros (quase R$ 6 milhões) junto ao Sporting, de Portugal, pelo não pagamento da compra do atacante em 2017. Além disso, contou que tudo será acordado quando acabar a paralisação no futebol brasileiro por causa da pandemia do novo coronavírus.

"Esse é um débito de outras gestões do Sport. Culminou no processo do Sporting na Fifa, mas o clube tomou todas as medidas, a Federação via CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também trabalhou nisso, e essa não é de maneira nenhuma a emergência ou muito menos urgência do clube, que necessite ação imediata. A estratégia está definida, traçada e, passando a pandemia, vamos logo resolver isso", afirmou Evandro.

LEIA MAIS

Sport arrecada mais de R$ 113 mil com ingressos solidários

Milton Bivar mantém otimismo em 'reinvenção' do Sport

Carlinhos Bala leiloa mais duas camisas do Sport da campanha do título da Copa do Brasil

Dos três gols de Romerito até a profecia de Carlinhos Bala: relembre grandes momentos do Sport na Copa do Brasil 2008

Em nota encaminhada ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, a Fifa ressaltou que o prazo de pagamento do Sport continuava sendo de 45 dias após a notificação. Limite esse que acabou ainda no mês passado, visto que o clube pernambucano foi informado oficialmente da pena no dia 4 de março. Prazo que não preocupa o departamento jurídico do Leão.

Na última quinta-feira, em entrevista ao Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o presidente Milton Bivar disse que o Sport está trabalhando para resolver o caso o mais rápido possível. Porém, ressaltou que a paralisação no futebol atrapalhou o andamento do processo. Vale lembrar que o Leão pode sofrer sanções impostas pela Fifa, se não efetuar o pagamento. Elas variam da possibilidade de não poder registrar jogadores até um possível rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias