Treinamentos

Cumprindo os protocolos de saúde, Sport realiza o 1º treino após a paralisação

Divididos em grupos, os atletas treinaram por uma hora

Lucas Holanda
Cadastrado por
Lucas Holanda
Publicado em 15/06/2020 às 12:26 | Atualizado em 15/06/2020 às 12:26
ANDERSON STEVENS/ SPORT CLUB DO RECIFE
Atividade marca o retorno gradual dos treinamentos. - FOTO: ANDERSON STEVENS/ SPORT CLUB DO RECIFE
Leitura:

Exatos três meses desde a última partida no ano, o Sport voltou aos treinamentos. Na manhã desta segunda-feira, os jogadores do Leão e comissão técnica se reapresentaram no CT José de Andrade Médici após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus. Respeitando o distanciamento social e higienizando constantemente os materiais utilizados na atividade, os atletas rubro-negros treinaram por uma hora para cada grupo.

Os jogadores já chegam no Centro de Treinamento com o uniforme de treino. Além disso, os carros dos atletas são higienizados na entrada do CT. A outra etapa é a de aferição de temperatura diária nos atletas e também medição de oxigenação antes de irem para o gramado. Cada material é higienizado após passar de um atleta para outro.

Leia mais

> Ex-jogador mexicano Aarón Padilla morre aos 77 anos por covid-19

Marcelo marca, Real Madrid vence Eibar e segue na luta pelo título

Tanzânia se torna primeiro país africano a retomar seu campeonato de futebol

Conhecido por ser um atleta de grande empenho nos treinamentos, o lateral e capitão Sander comentou que ficou ansioso nesse domingo para a volta aos treinos. Por meio da assessoria do Leão, o camisa 12 leonino se mostrou feliz com o retorno às atividades e endossou o discurso de uma preparação ainda maior até a volta dos jogos.

"É muito importante os cuidados nesta volta para seguirmos os protocolos. A volta é estranha porque ficamos tanto tempo parados. Sofremos um pouco a volta por causa do físico que não é o mesmo que a gente vinha treinando. Ontem à noite eu estava bem ansioso para voltar. Só foi passar hoje quando a gente viu os companheiros e que a gente pôde fazer o trabalho. A alegria é concretizar o trabalho e saber que amanhã tem novamente, mas respeitando todos esses cuidados. A gente tem que voltar com um foco maior. Com uma determinação maior. A gente tem que se preparar o mais rápido possível para a volta", disse Sander.

Comentários

Últimas notícias