BRONCA COM A ARBITRAGEM

'Já pedimos a não utilização do VAR nos jogos do Sport', afirma diretor

Em entrevista à Rádio Jornal, Fred Domingos afirmou que o Sport não vai mais aceitar ser prejudicado pela arbitragem

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 11/01/2021 às 11:48
Notícia

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
POLÊMICA Rubro-negros reclamaram bastante do árbitro Dyorgines Padovani, que marcou pênalti e, logo após consultar o VAR, anulou - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Nesta segunda-feira, o diretor de futebol do Sport Fred Domingos concedeu entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal. Bastante irritado com a não marcação dos pênaltis, o dirigente afirmou que o Rubro-Negro está tomando providências duras contra a arbitragem. Uma delas, inclusive, seria a não utilização do árbitro de vídeo (VAR) nos jogos restantes do Sport na Série A. Além disso, Fred Domingos afirmou que o Sport vai pedir a retirada de Leonardo Gaciba da presidência da Comissão Nacional de Arbitragem, reclamando da falta de critérios nos lances.

"Todas as providências nós adotamos imediatamente após a jogo. Fizemos um contato com o presidente da FPF (Evandro Carvalho), que é o nosso representante maior junto a CBF. Nós não vamos admitir mais esse tipo de atitude contra nossa equipe. Resumiria toda essa confusão em uma palavra: vergonha. Vergonha nacional. Já pedimos inclusive a não utilização do VAR nos jogos do Sport, como também vamos pedir a retirada do seu Leonardo Gaciba da Comissão Nacional de Arbitragem. Ele alega que foi uma orientação. E essa orientação não chega para ninguém? Ninguém toma conhecimento?", disparou Fred Domingos.

A irritação por parte do Sport se deve ao fato do Leão ainda reclamar de dois pênaltis não marcados pelo árbitro Dyorgines José Padovani de Andrade. O primeiro: uma falta que o centroavante Hernane teria sofrido do zagueiro Emerson Santos, e depois o lance de maior reclamação: a bola que bate na mão do atacante Rony dentro da área, em um lance em que o próprio árbitro marca o pênalti, mas voltou atrás após revisar no árbitro de vídeo (VAR). A não marcação desse segundo lance, aliás, segue gerando grande revolta por parte dos rubro-negros. Prova disso é que o dirigente também ficou na bronca com a comentarista de arbitragem do Grupo Globo Nadine Bastos, alegando que ela tem dois pesos e duas medidas para analisar os lances

"No jogo entre Botafogo x Bragantino, teve um lance exatamente igual, onde o jogador do Botafogo chuta a bola, a bola bate na mão do outro defensor botafoguense e o juiz dá pênalti. Naquela ocasião, a comentarista da Rede de Televisão (Nadine Bastos) disse que era marcar o pênalti. E o pênalti foi marcado. No do Sport, essa mesma comentarista diz que não é para marcar o pênalti. São dois pesos e duas medidas", afirmou o diretor de futebol do Sport.

Vale lembrar que o VAR já fez intervenções favoráveis ao Sport. Na primeira rodada, diante do Ceará, avisou de um pênalti que foi marcado para o Leão. Contra o Grêmio, em mais uma vitória leonina no primeiro turno, o gol de Patric tinha sido anulado, mas foi validado após consulta no VAR. Contra o Bahia, também no turno, o Sport toma o empate nos acréscimos, mas o VAR realiza uma consulta e vê que a bola bateu na mão de Clayson na origem do lance, invalidando o tento e confirmando a vitória leonina. Por fim, na interferência mais recente, o Rubro-Negro toma o empate do Fortaleza, mas o gol é anulado após o VAR confirmar que Ederson estava impedido.

POSSIBILIDADE DE TIRAR O TIME DE CAMPO

A não marcação do pênalti no último sábado irritou - e muito - o Sport. Prova disso é que o Rubro-Negro está cogitando até retirar o time do gramado caso algum lance parecido venha a se repetir contra a equipe leonina, segundo Fred Domingos. Nesta terça-feira (12), o Leão vai até a sede da CBF, no Rio de Janeiro, para conversar com o presidente da entidade máxima do futebol brasileiro, Rogério Caboclo. A cúpula leonina vai acompanhada do presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho.

"Nós vamos fazer uma reunião de fechamento das providências na tarde desta segunda-feira. Evandro Carvalho já se comprometeu de ir na CBF conosco nesta terça-feira. Não para conversar com Gaciba, mas conversar com Rogério Caboclo, o presidente da CBF, porque isso está levando a uma vergonhosa atitude irresponsável daqueles que comandam a arbitragem nacional. E o Sport não vai mais aceitar isso, sob pena de até retirar o time de campo quando acontecer uma situação dessa", afirmou.

"Tomamos conhecimento que os árbitros que ficam responsáveis pelo VAR ficam ouvindo a transmissão e os comentaristas dessa Rede de Televisão. Me parece que é uma coisa para retirar Vasco e Botafogo da zona de degola. Essa que é a verdade que precisa ser dita. Nós não somos trouxas, temos mais de 40 anos no futebol, ninguém aqui é menino. Não quero fazer acusações veladas, mas o presidente da federação se convenceu de que o Sport vem sendo prejudicado sistematicamente pela arbitragem.", completou.

Comentários

Últimas notícias