Coronavírus

Disney fecha parques na Califórnia, Flórida e Paris

A Disney informou que continuará pagando aos funcionários durante esse período.

AFP
AFP
Publicado em 12/03/2020 às 18:44
Notícia
REPRODUÇÃO/DICAS DE LAS VEGAS
Parques da Disney na Califórnia serão fechados - FOTO: REPRODUÇÃO/DICAS DE LAS VEGAS
Leitura:

Os parques de diversões da Disney na Califórnia, Flórida e Paris fecharão suas portas ao público a partir deste final de semana como medida de precaução diante do novo surto de coronavírus no país, informou o grupo nesta quinta-feira (12).

>> Após fazer exames, Bolsonaro pedirá para as pessoas não irem às ruas neste domingo

 

>> Número de casos do novo coronavírus no Brasil sobe para 77

>> Homem desembarca no Porto do Recife com suspeita de coronavírus; mais de 600 pessoas do navio estão em quarentena

O complexo Disneyland Resort, localizado em Anaheim e que inclui hotéis e dois parques de diversões, será fechado de sábado até o final do mês, seguindo a recomendação do governo da Califórnia de suspender qualquer evento com mais de 250 pessoas para impedir a propagação do vírus.

"Preocupados com nossos visitantes e empregados, estamos fechando a Disneylândia e o Disney California Adventure, a partir da manhã de 14 de março até o final do mês", informou o porta-voz do parque, que anunciou que os seus hotéis fecharão dois dias depois.

"Os hotéis Disneyland Resort permanecerão abertos até segunda-feira, 16 de março, para que os hóspedes possam tomar as providências necessárias para a viagem", acrescentou.

A área comercial Downtown Disney, adjacente aos parques e com restaurantes e lojas, permanecerá aberta.

Horas após o anúncio referente à Califórnia, o grupo Disney informou que no domingo também fechará seus parques na Flórida, os mais visitados do mundo, e em Paris, como medida de "maior precaução".

A Disney também decidiu adiar a saída de seus cruzeiros marítimos a partir de sábado e até o final do mês.

"Embora não tenhamos sido informados de nenhum caso de Covid-19 no Disneyland Resort, apenas examinamos as diretrizes da ordem executiva do governador da Califórnia", que recomenda suspender todos os eventos com mais de 250 pessoas.

"Seguiremos a situação atual e seguiremos os conselhos e orientações das autoridades federais e estaduais e das agências de saúde.

A Disney informou que continuará pagando os funcionários durante esse período. Também indicou que reembolsará aqueles que queiram alterar ou cancelar suas visitas.

A Disney também decidiu suspender nesta quinta a estreia do filme live action de "Mulan" nos EUA, com sessão adiada para duas semanas.

O parque Universal Studios, outro importante ponto turístico em Los Angeles, também anunciou nesta quinta que permanecerá fechado entre os dias 14 e 28 de março.

A Califórnia registrou quase 200 casos positivos. Seu governador, Gavin Newsom, disse em comunicado que a Disney "tomou a decisão certa".

Coronavírus pelo mundo

Comentários

Últimas notícias