ASTRONAUTAS

Nasa pretende lançar foguete da SpaceX neste sábado; há 50% de chances de cancelamento

O clima forçou na quarta-feira o adiamento do que teria sido o primeiro lançamento de astronautas em território americano em quase uma década, e o primeiro tripulado de uma empresa comercial

AFP
AFP
Publicado em 30/05/2020 às 12:35
Notícia
JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - FOTO: JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
Leitura:

A SpaceX está avançando, de acordo com o planejado, neste sábado (30) para o lançamento de seu primeiro voo espacial tripulado com dois astronautas da Nasa rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), embora exista a possibilidade de um novo cancelamento devido ao mau tempo. A informação foi divulgada pela empresa fundada por Elon Musk e pela Nasa.

"Estamos avançando com o lançamento hoje (sábado). Os desafios climáticos continuam, com 50% de possibilidades de cancelamento", tuitou o administrador da NASA, Jim Bridenstine.

O lançamento do foguete Falcon com a cápsula Crew Dragon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida. A presença do presidente Donald Trump é aguardada.

JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - JOE RAEDLE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP
GREGG NEWTON/AFP
O lançamento do foguete Falcon da SpaceX está programado para as 15h22 locais (16h22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida - GREGG NEWTON/AFP

O clima forçou na quarta-feira o adiamento do que teria sido o primeiro lançamento de astronautas em território americano em quase uma década, e o primeiro tripulado de uma empresa comercial.

"Procedendo com a contagem regressiva hoje", anunciou Musk, fundador de SpaceX.

Caso não aconteça, a próxima janela de lançamento, que é determinada pelas posições relativas do local de lançamento à Estação Espacial, é domingo às 15H00 (16H00 de Brasília), quando a previsão é de tempo bom.

Os astronautas da NASA Bob Behnken, 49 anos, e Douglas Hurley, 53, ex-pilotos militares que entraram para a agência espacial em 2000, decolarão rumo à ISS a partir da histórica plataforma de lançamento 39A, como a Apollo 11.

A missão acontece em meio às restrições impostas para conter a pandemia do novo coronavírus, o que obrigou os tripulantes a permanecer em quarentena durante mais de duas semanas.

Desta vez não não haverá espectadores à distância para observar o lançamento como é habitual.

A Nasa pediu ao público que permaneça afastado de Cocoa Beach, o tradicional ponto de observação, mas a solicitação não foi suficiente para os fãs da exploração espacial, que se reuniram no local na quarta-feira passada durante a primeira tentativa.

 

Comentários

Últimas notícias