Culinária

No Dia do Macarrão, confira curiosidades sobre o prato e receitas para apreciar bem a massa

Por mais que seja associado à Itália, comida não nasceu no país europeu

Jorge Nunes
Jorge Nunes
Publicado em 25/10/2020 às 6:00
Notícia

DIVULGAÇÃO
Macarrão é um dos principais pratos consumidos pelos brasileiros - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Este domingo é um dia muito especial para aqueles que apreciam de uma boa massa. Isso porque nesta data, 25 de outubro, é comemorado o Dia do Macarrão, trazendo boas lembranças culinárias na memória dos amantes do prato. No caso do Brasil, a paixão é bem forte já que o país é o terceiro maior produtor mundial de macarrão, segundo estudo da Organização Mundial de Pasta (IPO), e o alimento está presente em 99,3% dos lares brasileiros, segundo pesquisa da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi).

Apesar de ter uma data específica para comemorar seu dia, não se sabe ao certo quando a massa foi criada. Porém, existem relatos que o macarrão foi criado em 2.500 a.C. O trigo, que é um dos principais ingredientes da sua composição, é originalmente asiático. O que já gera a queda de um mito nem tão mais mito assim: o prato não é da Itália como muitos pensam. O alimento, contudo, provavelmente chegou à Europa através do aventureiro italiano Marco Polo, que descobriu o macarrão em uma de suas idas à Ásia. De lá, ele trouxe a mistura de farinha e água em formato de espaguete como conhecemos até os dias atuais.

Na Itália, o prato foi aperfeiçoado, ganhando uma variedade enorme, tanto em textura quanto em formatos e tamanhos diferentes, como diz a Mestre História da Alimentação Milena Gomes. "Os italianos são mestres na produção de massas. Aqui no Brasil tudo é macarrão, já na Itália não é assim. No país europeu cada massa tem seu devido nome e seu devido acompanhamento", afirmou a estudiosa.

No Brasil,a massa chegou junto com os imigrantes italianos e japoneses no início do século XX, principalmente no estado de São Paulo. Um século depois, o prato está mais do que consolidado nas famílias brasileiras. Isso ficou tão a mostra que chegou-se a sugerir que o macarrão fosse um substituto do arroz durante a alta do produto. O arroz é outro alimento bem "brasileiro", mas isso é outra história.

O Chef Rivandro França, do programa Sabor da Gente, da TV Jornal, é um dos muitos amantes do macarrão. Ele, sempre que pode, coloca uma pitada nordestina no prato. "Eu não sei o que tu gostas, isso tu me diz depois. Só sei que se me chamar para gente cozinhar, jamais vou te dizer não: levo meu feijãozinho preto, uma charque bem crocante e moi de macarrão", disse o chef com bom humor e aquele sotaque nordestino.

A massa e sua diversidade

Mas será que toda massa é igual? A resposta é fácil: não. Apesar de todas serem compostas por farinha de trigo e água, algumas recebem ingredientes diferentes, fazendo assim uma maior diversificação do prato. Confira abaixo alguns tipos:

Macarrão de Sêmola

Elaborado com farinha de trigo especial, denominada tipo 1, de cor mais clara que o comum.

Macarrão com Ovos

Além de farinha e água, são adicionados ovos à massa.

Massas secas

Produzidas com farinha de trigo e água, passam por um processo de secagem que permite um longo período de estocagem antes do consumo.

Massas instantâneas

Pré-cozidas durante o processo de fabricação, podem ser preparadas em poucos minutos.

Massas Frescas

Feitas com farinha de trigo, passam por um processo parcial de secagem. São comercializadas sob refrigeração.

Macarrão grano duro

É feito com um trigo especial denominado trigo durum. Após o cozimento, resulta em uma massa mais solta e ao dente.

Macarrão integral

Elaborado com farinha de trigo integral, contém mais fibras em sua composição.

Receita do chef Rivandro França

O chef Rivandro deixou uma receitinha para que você possa aproveitar esse dia fazendo algo diferente e sem deixar perder o principal ingrediente do dia, o macarrão.

Sururu que massa

Ingredientes:

  • 500 g sururu
  • 1 tomate picado
  • coentro agosto
  • 1 pimentão picado
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho triturado
  • 2 colheres de azeite de dendê
  • 1 litro de água
  • 1 xícaras de leite de coco
  • 2 xícaras de massa (fusilli)

Modo de preparo

  • Em uma frigideira funda, doure o alho com azeite, acrescente as verduras e deixe ate refogar, ajuste o sal.
  • Quando refogar, acrescente o sururu e a água aos poucos e assim que finalizar a água, coloque o leite de coco e a massa.
  • Deixe cozinhar observando para não deixar a massa passar do ponto. Finalize com coentro fresco e sirva quente.

Mais uma receita do chef Rivandro

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias