CONFLITO

Israel aprova cessar-fogo com o Hamas em Gaza

O cessar-fogo será válido a partir das 20h desta quinta-feira (20), no horário de Brasília, segundo a imprensa local

AFP
Cadastrado por
AFP
Publicado em 20/05/2021 às 17:04 | Atualizado em 20/05/2021 às 17:09
BASHAR TALEB / AFP
ALVOS No domingo, prédio onde se encontravam escritórios de veículos de comunicação foi bombardeado - FOTO: BASHAR TALEB / AFP
Leitura:

O Gabinete de segurança israelense aprovou, na tarde desta quinta-feira (20), o cessar-fogo com o Hamas em Gaza. A medida foi anunciada após 11 dias de conflito. O cessar-fogo será válido a partir das 20h de hoje, no horário de Brasília, segundo a imprensa local.

A medida chega após a morte de centenas de palestinos e outras dezenas de israelenses, sob a forte pressão dos Estados Unidos para interromper a ofensiva. Em um telefonema ao premiê israelense, o presidente dos EUA, Joe Biden, pediu a redução das hostilidades.

O presidente americano "encorajou Israel a fazer todos os esforços para garantir a proteção de civis inocentes", segundo um comunicado da Casa Branca. 

Desde o início dos combates, no dia 10 de maio, as autoridades em Gaza dizem que 232 palestinos, incluindo 65 crianças e 39 mulheres, foram mortos, além de mais de 1,9 mil pessoas terem ficado feridas. Do lado israelense, fala-se em pouco mais de uma dezena de mortes. 

Últimas notícias