aliança

Finlândia e Suécia fazem pedidos de adesão à Otan, após décadas de neutralidade

Pedido encerra um período de décadas de neutralidade, durante o qual ambos buscaram parcerias de segurança com outras nações ocidentais

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 18/05/2022 às 11:15
JOHANNA GERON / POOL / AFP
Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, segura pedidos da Finlândia e da Suécia para entrar na aliança - FOTO: JOHANNA GERON / POOL / AFP
Leitura:
Do Estadão Conteúdo
 
Finlândia e Suécia apresentaram pedidos formais de adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), num gesto que, se aprovado, irá mudar de maneira crucial o cenário da segurança no norte da Europa e que confere à aliança uma valiosa vantagem contra a Rússia, após a invasão da Ucrânia por forças de Moscou.
O pedido de adesão dos dois países nórdicos encerra um período de décadas de neutralidade, durante o qual ambos buscaram parcerias de segurança com outras nações ocidentais, mantendo-se fora de alianças militares.
 
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, se opõe fortemente à entrada de Finlândia e Suécia na Otan, com a alegação de que ambos apoiam militantes curdos. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press. 

Últimas notícias